Evangelho em 3 minutos

Evangelho Em 3 Minutos – Eis-Me Aqui – #684 Entre marginais

Evangelho Em 3 Minutos – Eis-Me Aqui – #684 Entre marginais
Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!

Existe mais uma lição importante na cura do paralítico do capítulo 2 do Evangelho de Marcos, e se você entendê-la irá entender também a graça que primeiro perdoa pecados para depois tirar o pecador de sua incapacidade de servir…

Receba Estudos no Celular!

Existe mais uma lição importante na cura do paralítico do capítulo 2 do Evangelho de Marcos, e se você entendê-la irá entender também a graça que primeiro perdoa pecados para depois tirar o pecador de sua incapacidade de servir a Deus. O paralítico representa o pecador incapaz de ajudar a si mesmo e a outros. Porém ao perdoá-lo e capacitá-lo, Deus mostra o que deseja de cada um que se reconhece incapaz e crê no Salvador que é Jesus. E é o que vemos também de uma maneira bem prática no que Jesus faz com o traidor Levi neste capítulo. Traidor?! Sim, porque ele era um judeu trabalhando para o invasor romano.

“Jesus saiu outra vez para beira-mar. Uma grande multidão aproximou-se, e ele começou a ensiná-los. Passando por ali, viu Levi, filho de Alfeu, sentado na coletoria, e disse-lhe: ‘Siga-me’. Levi levantou-se e o seguiu. Durante uma refeição na casa de Levi, muitos publicanos e pecadores estavam comendo com Jesus e seus discípulos, pois havia muitos que o seguiam. Quando os mestres da lei que eram fariseus o viram comendo com pecadores e publicanos, perguntaram aos discípulos de Jesus: ‘Por que ele come com publicanos e pecadores?’ Ouvindo isso, Jesus lhes disse: ‘Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. Eu não vim para chamar justos, mas pecadores’.” (Mc 2:13-17).

Levi é o mesmo Mateus, que Deus usou para revelar que Jesus é Rei e Messias de Israel no evangelho que leva o seu nome. Se Levi oferecesse seus serviços a uma editora para escrever a biografia do Rei de Israel teria sido sumariamente recusado. Quem iria contratar um traidor dos judeus para escrever sobre o líder máximo da população traída? Só isso já o desqualificava para a tarefa. Mas, como fez com o paralítico, Deus iria qualificá-lo perdoando seus pecados e o capacitando para servi-lo.

Quando os fariseus acusam Jesus de comer com publicanos e pecadores, eles têm razão. Ali está ele, com Levi e seus comparsas, o submundo da sociedade. Feche os olhos e tente imaginar Jesus comendo com políticos corruptos, traficantes, ladrões, prostitutas, pedófilos, viciados e toda sorte de párias. Aquilo é um choque para os religiosos fariseus, mas foi para gente assim que Jesus veio: pecadores assumidos e declarados, e não para os que se consideram justos, lavados e bem passados. A menos que você se enxergue no meio daquela bandidagem, não é você que Jesus veio chamar. Você é bom demais para se considerar mau. Ele veio chamar pecadores. “Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores” (1 Tm 1:15).

Fonte: Evangelho em 3 Minutos

Divulgação: Eismeaqui.com.br

{jacomment on}

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Eis-me Aqui