Estudos Bíblicos

A Cabana e o Fermento da Nova Era

Faça Sua Parte - Compartilhe!

Livro supostamente “cristão” ataca a essência do ensino bíblico e promove doutrinas hinduístas e de Nova Era. “Um pouco de fermento leveda toda a massa.” [Gálatas 5:9].

Autor convidado: Warren Smith

A Cabana está sendo descrito como um livro “cristão” e atualmente figura em primeiro lugar na lista dos livros mais vendidos do jornal The New York Times, na categoria Ficção. Muitos cristãos estão comprando múltiplas cópias para distribuir entre seus amigos e familiares. A Cabana parece ser uma história verídica, mas é obviamente uma ficção alegórica. O livro apresenta ideias e ensinos espirituais pós-modernos que desafiam o cristianismo bíblico — tudo em nome de “Deus”, “Jesus” e “Espírito Santo”. A apresentação alternativa do autor William P. Young do cristianismo tradicional inspirou muito de seus leitores, mas também deixou outros indignados.

Receba Estudos no Celular!

Enquanto isso, o livro continua a ser um sucesso de vendas nas livrarias.

De forma muito parecida como A Profecia Celestina, do autor de Nova Era James Redfield, A Cabana é um veículo fictício para inverter certos conceitos religiosos e apresentar cenários espirituais contrários.

Os livros alegóricos podem ser um modo inteligente de apresentar a verdade. Eles também podem ser usados para apresentar coisas que parecem verdadeiras, mas que na realidade não são. Alguns livros como A Cabana fazem ambas as coisas.

Fui atraído ao Movimento de Nova Era anos atrás por livros e palestras que continham parábolas que não eram muito diferentes de A Cabana. Eles pareciam ser espiritualmente edificantes, pois tratavam de assuntos difíceis e falavam sobre o amor e o perdão de Deus. Eles pareciam oferecer aquilo que eu necessitava espiritualmente e me davam muita esperança e promessas. Com base na credibilidade que obtinham por meio de seus escritos inspirativos e tocantes, meus autores e instrutores de Nova Era passaram então a me dizer que “Deus” estava em tudo e em todos.

O autor William P. Young faz exatamente a mesma coisa em A Cabana. Ele usa uma história envolvente e tocante para eventualmente apresentar esse mesmo ensino que Deus está em todas as coisas.

Entretanto, estou avançando um pouco aqui. Permita-me primeiro fornecer um material de pano de fundo sobre essa doutrina-chave de Nova Era, que Deus está em todas as coisas. Um bom lugar para começar é com Eugene Peterson, o autor da controversa paráfrase A Mensagem. Afinal, o endosso entusiástico de Peterson ao livro A Cabana aparece logo abaixo do nome do autor na capa frontal.

Ironicamente, foi o endosso de Peterson que me fez suspeitar logo de início desse livro “cristão”, que recebeu tanta publicidade e alcançou tanta vendagem. Em sua questionável paráfrase da Bíblia, Peterson já tinha se alinhado com diversos aspectos dos ensinos da Nova Era/Nova Espiritualidade. Um exemplo óbvio foi quando ele traduziu um verso-chave na Oração do Pai Nosso da seguinte forma: “Como é em cima, assim seja embaixo”, em vez de “assim na terra como no céu”. Eu estava muito familiarizado com essa expressão, “como é em cima assim seja embaixo” por causa de meu envolvimento anterior com o Movimento de Nova Era. Essa frase esotérica tem sido o cerne do ocultismo há quase cinco mil anos. Os metafísicos da Nova Era afirmam que ela é a chave para toda a magia e todos os mistérios. Ela significa que Deus não é somente transcendente — “que ele está lá em cima” — mas que também é imanente — que está em tudo e em todos.

Mas, como descobri imediatamente antes de abandonar os ensinos enganosos da Nova Era e aceitar a verdade do cristianismo bíblico, Deus não está em tudo e em todos. A Bíblia deixa bem claro que o homem não é divino e que também não é Deus (Ezequiel 28:2; Oséias 11:9; João 2:24-25, etc.). Em meu livro Deceived on Purpose: The New Age Implications of the Purpose-Driven Church (Enganados no Propósito: As Implicações de Nova Era da Igreja com Propósitos), citei como os editores do New Age Journal definiram a expressão “como é em cima, assim seja embaixo” no livro deles As Above, So Below:

“O que está em cima é como o que está embaixo.'” Esta máxima implica que o Deus transcendente além do universo físico e o Deus imanente dentro de nós são um só.” [pág. 32].

Minha preocupação com o uso sem discernimento que Peterson faz da frase “O que está em cima é como o que está embaixo” na Oração do Pai Nosso foi reforçada quando o livro O Segredo, publicado em 2006, apresentava repetidamente essa mesma frase ocultista e de Nova Era. Na verdade, essa era a citação introdutória no início do livro. Apresentando imediatamente a frase “O que está em cima é como o que está embaixo”, a autora Rhonda Byrne estava dizendo aos leitores em linguagem característica de Nova Era que “Deus está em todos e em tudo”. Perto do fim do livro, a autora coloca em palavras mais práticas o que inicialmente quis dizer ao apresentar o conceito imanente de “O que está em cima é como o que está embaixo”.

Na página 164 da edição original, O Segredo diz aos seus leitores: “Você é Deus em um corpo físico.”.

Mais significativamente, em seu livro The Reapparance of the Christ and the Masters of Wisdom, o líder de Nova Era Benjamin Creme revela que uma Nova Religião Mundial será baseada nesse ensino fundamental de imanência “O que está em cima é como o que está embaixo” — a ideia de que Deus está em tudo e em todos:

“Mas eventualmente uma nova religião global será inaugurada e será uma fusão e síntese da abordagem do Oriente com a abordagem do Ocidente. O Cristo unirá, não somente o budismo e o cristianismo, mas o conceito do Deus transcendente — fora de Sua criação — e também o conceito do Deus imanente em toda a criação — no homem e em toda a criação.” [pág. 88].

Alice Bailey, a matriarca da Nova Era, escreveu em seu livro The Reappearance of the Christ:

“… uma nova orientação para a divindade e a aceitação do fato do Deus Transcendente e Deus Imanente dentro de toda forma de vida. “Essas são verdades fundamentais sobre as quais a religião mundial do futuro estará baseada.” [pág. 88].

Em um sermão no programa Hora do Poder, em 9 de novembro de 2003, apenas dois meses antes de participar como orador no encontro anual da Associação Nacional dos Evangélicos, o pastor Robert Schuller, ministro da Catedral de Cristal, alinhou-se, sem pejo algum, com esse mesmo ensino de Nova Era/Nova Religião Mundial. O homem que afirma ter sido mentor de milhares de pastores, incluindo Bill Hybels e Rick Warren, declarou:

“Você sabem que na teologia — perdoem-me por usar algumas palavras difíceis — mas na teologia o Deus em que cremos, esse Deus de Abraão, é um Deus transcendente. Mas ele também é um Deus imanente. Transcendente significa que ele está lá em cima, acima de todos nós. Mas, Deus também é um Deus imanente — a imanência de Deus e a transcendência de Deus — mas então você tem uma perspectiva equilibrada de Deus. A imanência de Deus significa aqui, em mim, em minha volta, na sociedade, no mundo, esse Deus está aqui, na humanidade, na ciência, nas artes, na sociologia, na política — a imanência de Deus… Sim, Deus está vivo e está em cada ser humano!”

Mas Deus não está em cada ser humano. Deus não está em todas as coisas. Uma das principais razões por que escrevi o livro Deceived on Purpose foi por que Rick Warren apresentou aos seus leitores esse mesmo ensino de que “Deus está em todas as coisas”. Citando Efésios 4:6 em uma obviamente fajuta tradução New Century Bible, Rick Warren — deliberadamente ou não — estava ensinando aos milhões de seus leitores a doutrina fundamental da Nova Religião Mundial. Descrevendo Deus, em seu livro Uma Vida com Propósitos, ele escreveu:

“Ele comanda todas as coisas, está em todos os lugares e em todas as coisas”

Complicando um pouco mais as coisas, “imanência” foi ensinado como parte da Classe Fundamentos, na Igreja da Comunidade de Saddleback, da qual Rick Warren é pastor. Uma malfadada referência para imanência na página 46 do “Guia do Participante — Fundamentos de Saddleback”, faz o jogo da Nova Espiritualidade/Religião Mundial ao dizer:

“O fato que Deus está acima e além de sua criação não significa que esteja fora da criação. Ele é tanto transcendente (acima e além de sua criação) e imanente (dentro e em toda sua criação).”

Toda essa discussão sobre imanência “Deus está em todas as coisas” é para explicar por que A Cabana é um livro enganoso. Ele ensina a mesma heresia. Esse livro afirma tentar lidar com as questões profundamente sensíveis relacionadas com o assassinato de uma menina. Por causa da forma intensamente pessoal de escrever do autor, a maioria dos leitores se envolve com o livro em um nível emocional e profundo. Entretanto, o uso que o autor faz de licença poética para transmitir suas interpretações espirituais altamente subjetivas e, na maioria das vezes, sem base bíblica, torna-se cada vez mais problemático à medida que a história avança. Isso é mais aparente quando ele usa a pessoa de “Jesus” para subitamente apresentar o ensino fundamental da Nova Espiritualidade/Nova Religião Global — Deus está em todas as coisas. Usando o termo de Nova Era “chão do ser” para descrever “Deus”, o “Jesus” de A Cabana diz:

“Deus, que é o chão de todos os seres, habita dentro, em volta e por meio de todas as coisas…” [pág. 112; tradução nossa].

Esse falso ensino sobre um “Deus” que “habita dentro, em volta e no meio de todas as coisas” é o tipo de fermento de Nova Era que, se não for enfrentado, pode levedar a igreja e levá-la para a Nova Era/Nova Espiritualidade da Nova Religião Global que está sendo proposta. Embora muitas pessoas tenham expressado uma grande afeição emocional ao livro A Cabana e aos seus personagens — esse fermento somente já contamina todo o livro.

Claramente, o “Jesus” de A Cabana não é o Jesus Cristo da Bíblia. O apóstolo Paulo repreendeu os coríntios e os advertiu que estavam vulneráveis e extremamente susceptíveis a “outro Jesus”, a “outro evangelho” e a “outro espírito”, que não eram da parte de Deus (veja 2 Coríntios 2:11). Na Bíblia, o verdadeiro Jesus Cristo advertiu que a enganação espiritual seria um sinal antes de Seu retorno. Ele também advertiu que muitos viriam em Seu nome, fingindo ser Ele (veja Mateus 24:3-5,24).

Sem atribuir nenhuma má motivação a William Young e ao seu livro A Cabana, o uso que ele faz da criatividade espiritual parece dar um consentimento “cristão” à Nova Era/Nova Espiritualidade da proposta Nova Religião Global. A mistura que ele faz da verdade com o erro pode se tornar muito confusa para os leitores e Deus não é o autor da confusão (1 Coríntios 14:33).

O Dr. Harry Ironside, que foi pastor da Igreja Memorial Moody, em Chicago, de 1930 a 1948, enfatiza o fato que a verdade misturada com o erro resulta em “erro total” — uma direta refutação ao ensino da Igreja Emergente de querer encontrar a “verdade” em qualquer lugar em que ela possa ser encontrada — incluindo em livros como A Cabana. Ironside escreveu:

“O erro é como o fermento, a respeito do qual lemos: ‘Um pouco de fermento leveda toda a massa.’ A verdade misturada com o erro é equivalente ao erro total, exceto que tem uma aparência de inocência e, portanto, é mais perigosa. Deus detesta essa mistura! Qualquer erro, ou qualquer mistura da verdade com o erro, requer denúncia e rejeição. Apoiar o erro é ser infiel a Deus e à Sua Palavra e uma traição às almas que correm perigo, por quem Cristo morreu.” [citado em The Berean Call, de abril de 2008].

A Cabana tocou os corações e as emoções de muitas pessoas. Embora existam muitos outros exemplos da liberalidade sem base bíblica do autor, apresentar o ensino herético de Nova Era que “Deus habita dentro, em volta e no meio de todas as coisas” é, por si só, suficiente para solapar totalmente qualquer valor que o livro poderia ter para os cristãos fiéis. Permitir ser levado por essa história, e ao mesmo tempo desconsiderar o fermento de Nova Era/Nova Espiritualidade do livro, é cair vítima da mistura de verdade com o erro que permeia A Cabana. Como o pastor Ironside advertiu, Deus detesta essa mistura.

Antes de comprar mais exemplares desse livro, os cristãos precisam entender o que esse autor está ensinando e o que eles estão passando adiante para seus amigos e para os outros cristãos.

Verdadeiramente, a apostasia espiritual do fim dos tempos está vindo sobre todo o mundo!

Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia a dia.

Se desejar visitar o site “The Cutting Edge”, dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Autor: Warren Smith

Veja mais em Religiões e Seitas

 

Deixe um Comentário

Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: