Destaques Estudos Bíblicos Estudos da Semana Teologia

A Criação

Faça Sua Parte - Compartilhe!

“Creio em Deus Pai, Todo-Poderoso, Criador dos céus e da terra.”

Todos os cristãos creem e professam que Deus é o criador dos céus e da terra, mas além de professar essa verdade, o que isso pode influenciar em nossa cosmovisão?

A frase em destaque é muito conhecida no meio cristão, é a primeira declaração confessional sobre o cristianismo, e essa confissão começa declarando uma fé; Deus Criador dos céus e da terra. Seria estranho falar de Cristianismo sem falar da redenção de Jesus Cristo, mas pode ser mais estranho ainda falar sobre a redenção sem falar da criação, a qual foi o palco da redenção onde Cristo, nosso Senhor, morreu. No entanto, as partes que mostram o “Ele disse” (Gn 1.3, 6, 9, 11, 14, 20, 24, 26, 29; 2.18)¹ é o ato soberano de Deus em criar todas as coisas por intermédio de seu comando. Como um Soberano, Ele dá as ordens e a criação obedece, pois a Sua palavra não volta vazia e faz aquilo que lhe apraz (Is 55.10-11), é o que nos mostra o salmista:

Receba Estudos no Celular!

“Pela palavra do Senhor foram feitos os céus, e todo o exército deles pelo espírito da sua boca. Ele ajunta as águas do mar como num montão; põe os abismos em depósitos. Tema toda a terra ao Senhor; temam-no todos os moradores do mundo. Porque falou, e foi feito; mandou, e logo apareceu” (Sl 33.6-9).

“Louvem o nome do Senhor, pois mandou, e logo foram criados. E os confirmou eternamente para sempre, e lhes deu um decreto que não ultrapassarão” (Sl 148.5-6).

Não obstante, aquele por quem Deus cria todas as coisas (Cl 1.16) é o mesmo que fez com que todas as coisas fossem criadas. Em João 1.1 nos mostra que Cristo estava noprincípio, que a Palavra estava com Deus e que a Palavra era Deus. Portanto, as ordens soberanas de Deus na criação, as quais faziam com que todas as coisas viessem à existência, era Cristo, por intermédio de Deus, criando todas as coisas, porque Cristo é a Palavra de Deus. E Cristo mostra isso em seu ministério terreno proferindo palavra de ordens como um soberano sobre a criação, acalmando as ondas do mar (Mc 4.35-41) e para produzir cura (Lc 7.1-10).

E, assim, como Deus fez todas as coisas por intermédio de Sua palavra, e Cristo mostra a sua autoridade por intermédio de sua palavra, é a Palavra de Deus que faz com que tenhamos fé (Rm 10.17) e que a nossa alma seja refrigerada (Sl 19.7), além do mais, Paulo compara a nossa salvação como o ato criador de Deus de chamar a luz das trevas (2Co 4.6; Gn 1.3).

Sendo assim, crer que Deus criou os céus e a terra não é só uma maneira de combater o evolucionismo, mas mostrar em quê a nossa cosmovisão está baseada no ato soberano e pactual de Deus e na revelação do Redentor desde o princípio.

_________
Nota:
[1] KAISER, Walter C. Jr. O plano da promessa de Deus: Teologia bíblica do Antigo e Novo Testamentos. São Paulo: Ed. Vida Nova, 2011, p. 35

Leia mais:

Encontro criacionista no Paraná terá 13 cientistas brasileiros

Ciência comprova que vida começa com o surgimento de luz

Revista científica recebe críticas por divulgar que mão humana é obra do Criador

Poderá o Vazamento de Petróleo no Golfo do México Ser Usado Para Forçar um Retorno à Vida Selvagem?

Está Provado que o Aquecimento Global Não Passa de uma Grande Mentira

Forte Terremoto Causa Devastação no Haiti — Possível Uso do Armamento HAARP?

Nova Temporada de Furacões no Caribe e no Golfo do México: As Provas de Controle do Clima e Guerra Climática São Abundantes

O Projeto de Retorno à Vida Selvagem Continua Ativo e Sendo Levado Adiante

Retórica Alarmista a Respeito do Aquecimento Global Está Atingindo o Planejado Estágio Final da Imposição de uma Ditadura Global

 

Deixe um Comentário

Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: