Estudos Bíblicos Estudos da Semana Teologia Sob Medida

SENDO SAL NA TERRA!

SENDO SAL NA TERRA!
Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!

Ministério de Evangelismo Voz do Trono

Mensagem Diária

SENDO SAL NA TERRA!

Receba Estudos no Celular!

“E todas as tuas ofertas dos teus alimentos temperarás com sal; e não deixarás faltar à tua oferta de alimentos o sal da aliança do teu Deus; em todas as tuas ofertas oferecerás sal” – Levíticos 2:13.
Pr. Vilson Ferro Martins – Pode ser lida em www.vozdotrono.com.br – Exerça seu cristianismo; replique as mensagens; mantenha os dados autorais.

Em Números 18:19 lemos: “Todas as ofertas alçadas das coisas santas, que os filhos de Israel oferecerem ao Senhor, tenho dado a ti, e a teus filhos e a tuas filhas contigo, por estatuto perpétuo; aliança perpétua de sal perante o Senhor é, para ti e para a tua descendência contigo”.

O que vem a ser esta “aliança com sal” ou “pacto de sal”?

Era costume que aqueles que estabeleciam um acordo entre si, usarem o sal em uma referência conjunta ou em algum ritual. Segundo as evidências indicam, esse costume originou-se da observação que o sal tem a capacidade de dar maior sabor aos alimentos e de preservá-los, o que pode simbolizar aquilo que se deve esperar dos pactos firmados, isto é, força, preservação, fidelidade, sem qualquer mescla com decadência ou hipocrisia. A lei judaica, em seu aspecto cerimonial, exigia o uso do sal em todas as ofertas de manjares; e é possível que fosse usado sal em todos os demais tipos de oferendas.

Apesar de que certas ofertas eram consumidas no altar dos holocaustos, a maioria das oferendas tinham uma porção que era entregue aos sacerdotes, para ser consumida. E o sal fazia parte necessária da dieta. Disto proveio o fato que o sal usado nas ofertas rituais, significava simbolicamente a perpetuidade e a fidelidade. Essa prática parece ter sido comum entre os povos orientais e não somente em Israel.

Convém lembrar que a Aliança que Jesus fez por nós, a Nova Aliança, tem como princípio tornar homens e mulheres que antes estavam sob o domínio do império das trevas em “sal da terra” e “luz do mundo” e não erroneamente apenas de forma ritualista e puramente humana e exterior pisar em sal, seja ele sal grosso ou qualquer outro sal, como ocorre em alguns lugares.

A proposta divina é “sermos sal” e não “pisarmos em sal” ou “banhar-se nele”.

Portanto:

“Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.” – Mateus 5:13.

Amém!

Fonte:

Postagem Original:

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: