Estudos Bíblicos Estudos da Semana Teologia Sob Medida

Como se manter forte ante a morte de um ente querido

Como se manter forte ante a morte de um ente querido
Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Ver um membro da família partir é uma fase que todos temos que atravessar

Faça Sua Parte - Compartilhe!

morte de um ente querido nunca é fácil de se lidar, não é mesmo?!

É realmente um tempo difícil demais, e geralmente só a pessoa que o está vivendo sabe descrever a dor que se sente ao ver uma pessoa querida partindo.

As tribulações desta vida podem atingir a qualquer pessoa, e mesmo os mais excelentes servos de Deus não estão isentos de atravessar um destes momentos também, nosso próprio Mestre deixou isso registrado:

Estas coisas eu vos tenho dito para que em mim tenhais paz.
No mundo tereis tribulações;
mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.
(João 16:33 KJF)

Receba Estudos no Celular!

orando de mãos juntas, suplicando, clamando

Mas se mesmo os filhos de Deus terão que atravessar certos momentos difíceis as vezes, inclusive a morte de um ente querido, como podemos nos manter fortes ao atravessá-lo?

Primeiro de tudo é importante saber que Deus jamais nos deixará, seja qual for a tribulação que atravessarmos.

Sim, ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum;
porque tu estás comigo; tua vara e o teu cajado me consolam.
(Salmo 23:4 KJF)
Leia também Hb 13:5; Mt 28:20.

As vezes a morte de um ente querido chega de surpresa, as vezes é mais esperada devido um quadro de doença, ou outro motivo.

Mas quero destacar que, não somente no momento da morte de um ente querido, mas em todos os momentos de tribulação e adversidades na vida, podemos nos antecipar e andar sempre preparados para tudo nessa vida praticando a Palavra do Senhor Jesus.

E por que me chamais, Senhor, Senhor, e não fazeis as coisas que eu digo?
Todo aquele que vem a mim, e ouve as minhas palavras, e as pratica, eu vos mostrarei a quem ele é semelhante.

Ele é semelhante a um homem que edificou uma casa, e cavou fundo, e pôs os alicerces sobre a rocha;
e, vindo a enchente, a corrente batia veementemente sobre aquela casa, e não a pôde abalar, pois esta estava fundada sobre a rocha.

Mas o que ouve e não pratica é semelhante a um homem que edificou uma casa sobre a terra, sem alicerces;
na qual a corrente batia veementemente, e imediatamente desabou;
e foi grande a ruína daquela casa.
(Lucas 6: 46-49 KJF)

Os filhos de Deus precisam estudar as palavras do Senhor Jesus e praticarem-na com a vida, a fim de estarem sempre preparados para tudo!

lendo a Palavra, bíblia sagrada, orando

Ora, ouvindo assim as palavras de Cristo, e praticando-as (convertendo-se ao Senhor de coração, nos tornamos pessoas mais fortes e sábias, que são bem instruídas para lidar com momentos difíceis da vida.

Repare que a pessoa que escuta as palavras do Senhor, e se dispõe em recebê-las e praticá-las, é semelhante àquele que, antes de construir a sua casa, cavou bem fundo numa rocha para ali firmar os alicerces dela.

Portanto, para nos tornarmos pessoas fortes e sermos capazes de suportar sofrimentos, como o difícil momento da morte de um ente querido, por exemplo, precisamos durante a caminhada comum e cotidiana de nossa vida, sermos sinceros para com Deus, darmos ouvidos às Suas palavras e nos comprometermos verdadeiramente em praticá-las.

Sendo assim, retorne ao texto de Lucas 6: 47-49, e note que as tribulações e dificuldades da vida chegaram para todos (ou para ambos personagens da parábola dos dois alicerces que Cristo contou), mas o que permaneceu de pé, sem se abalar, foi aquele que comprometeu-se com o estudo e a prática das palavras de Cristo durante sua vida, e verdadeiramente quis converter-se a Ele de coração.

Se atravessar pelo momento da morte de um ente querido (apenas um) já é muito triste e difícil, imagina perder 10 de uma só vez, além de muitos outros bens e pessoas…

Veja como exemplo o servo de Deus Jó, cuja história você já deve conhecer, que buscava a Deus constantemente, praticava Sua Palavra purificando e santificando sua família, e veja como ele foi forte para suportar tamanhos sofrimentos (Jó 1: 1-2, 4-5, 13-22).

Podemos dizer que Jó teve tal comportamento e devoção a Deus, mesmo diante da morte de seus filhos e da perda de seus bens, porque ele tinha sua vida firmada sobre uma rocha, ou seja, ele temia a Deus, escutava suas palavras e as praticava constantemente!

Logo, quando as tribulações atingiram a vida de Jó, ele teve forças para continuar firme em sua postura de dedicação a Deus.

Este louvor abaixo talvez possa te ajudar a fortalecer-se em Deus, caso esteja enfrentando o momento da morte de um ente querido.

No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. (Efésios 6:10 ACF)

O rei Salomão, um grande conhecedor e estudante dos sentimentos e comportamentos mais profundos do coração do ser humano, afirma que o coração dos sábios está na casa do luto, mas o coração dos tolos, na casa da alegria (Ec 7: 2,4).

Salomão demonstra assim, através do exemplo dos tolos, uma pessoa completamente despreocupada com a vida e ainda mais com a Palavra de Deus; no momento da adversidade, do aperto e da morte de um ente querido, acontecerá com este tolo o que o Senhor Jesus descreveu na parábola dos dois alicerces: “e desceu a chuva, vieram as inundações, e sopraram os ventos e golpearam contra aquela casa, e ela caiu, e grande foi a sua queda.” (Mateus 7: 27 KJF)

Ante a morte de um ente querido, Salomão em sua sabedoria ainda continua dizendo: “Melhor é a tristeza do que o riso, porque com a tristeza do rosto se faz melhor o coração.” (Eclesiastes 7:3 ARC)

Por isso, o segredo para estarmos fortes ante a morte de um ente querido é, sem sobra de dúvidas, confirmarmos a nossa fé em nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, e com sinceridade darmos ouvido às palavras dele, praticando-as com a vida.

Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrarmos no santíssimo lugar, pelo sangue de Jesus, por um caminho novo e vivo, que ele consagrou para nós, através do véu, isto é, da sua carne,
e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus;
cheguemo-nos com coração verdadeiro, em inteira certeza de fé;
tendo o coração purificado da má consciência, e o corpo lavado com água pura.
Fiquemos, pois, firmes em nossa profissão de fé, sem nos abalar;
porque fiel é aquele que prometeu;
(Hebreus 10: 19-23 KJF)

Fonte: Bíblia Ensina

Postagem Original: https://bibliaseensina.com.br/como-sur-forte-morte-de-um-ente-querido/

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba