Estudos Bíblicos Estudos da Semana Teologia Sob Medida

7 Características de um cristão falso e porque você deve conhecê-los

7 Características de um cristão falso e porque você deve conhecê-los
Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Como e por que identificar um falso crente afinal de contas?

Faça Sua Parte - Compartilhe!

Talvez você esteja se perguntando: Mas por qual motivo escrever um estudo sobre as características de um cristão falso? Não seria isso ficar julgando como um crente deve se comportar? Não seria mais fácil só escrever estudos bíblicos sobre a Palavra de Deus e sobre o Senhor Jesus?

Pois bem, entendamos que se o Mestre disse:

Cuidado com os falsos profetas, que vêm a vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.
Por seus frutos os conhecereis. Homens colhem uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
(Mateus 7: 15-16 KJF)

é porque nós temos que aprender a discernir o falso do verdadeiro e, além disso, identificar os falsos obreiros para que não os sigamos, nem nos associemos com eles ou demos ouvidos a eles

Mas, agora, escrevi que não vos manteis na companhia de qualquer homem que chamado de irmão seja um fornicador, ou avarento, ou idolatra, ou caluniador, ou beberrão, ou extorquidor;
com o tal nem ainda comais.
(1 Coríntios 5: 11 KJF)

Receba Estudos no Celular!

Da mesma forma, visualizando que a bíblia nos alerta sobre os falsos mestres e falsos cristosque surgiriam, por que não abordar o tema? Não seria isso também falar sobre a Palavra de Deus?

1 João 4.1 nos orienta a provar/experimentar/avaliar os espíritos, para entender se estes são realmente provenientes de Deus,

pois muitos falsos profetas se tem levantado no mundo, devido ao espírito do anticristo que já está trabalhando a séculos na mente e comportamentos de nossa sociedade.

Filhinhos, é a última hora; e como vós ouvistes que o anticristo há de vir, e mesmo agora há muitos anticristos, por isso sabemos que é a última hora.
(1 João 2:18 KJF)

Por isso, vamos abordar aqui apenas algumas características de um cristão falso, além de alguns conselhos bíblicos sobre o que fazer com relação a este assunto, além do mais vigiar por nós mesmos para que não caiamos no engano também, achando que estamos fazendo as coisas certas, mesmo praticando as erradas.

para que não sejamos vencidos por Satanás;
Porque não ignoramos os seus ardís.
(2 Coríntios 2:10b, 11 ACF)

7 Características de um cristão falso que precisamos conhecê-las.

1. Mesmo que tenha recursos materiais, ele não ajuda os mais necessitados.

Porém, quem tiver os bens do mundo, e ao ver o seu irmão necessitado, fechar-lhe o seu coração, como habitará nele o amor de Deus?
(1 João 3:17 KJF)

Eis uma coisa que até mesmo nós que somos e temos as características de cristãos verdadeiros e nascidos de novo, precisamos vigiar!

Todos somos falhos e sujeitos a agir com falta de caridade em algum momento da vida, mas daí a praticá-la costumeiramente, sem a sensibilidade de nos colocarmos no lugar do outro que padece por falta de recursos materiais, já é uma das características de um cristão falso.

Manda aos que são ricos neste mundo que não sejam altivos, nem confiem na incerteza das riquezas, mas no Deus vivo, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos;
que façam o bem, que sejam ricos em boas obras, prontos a repartir, generosos;
(1 Timóteo 6:17-18 KJF)

2. O crente falso vive cobrando dos outros que façam as coisas, e julgando-os quando não fazem.

Jesus, enquanto falava sobre os líderes religiosos, escribas e fariseus, que eram muito conhecedores das Escrituras, fala sobre a personalidade deles, que nos lembra algumas características de um cristão falso de hoje em dia, infelizmente.

Porque eles atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem nos ombros dos homens; mas eles nem com seu dedo querem movê-los.
(Mateus 23:4 KJF)

Aquele pregador que vive sempre cobrando as coisas aos outros, criticando, julgando; aquele falador que afasta as pessoas umas das outras, que planta desconfiança com seus discursos, e que Cristo já deixou de ser o centro de sua mensagem há muito tempo.

Todas essas são características de um cristão falso, que infelizmente já se deixou ser contaminado pela religiosidade, e agora só quer cobrar dos outros que sejam santos, mas não tem mais a sensibilidade de examinar a si mesmo e enxergar seus comportamentos, e julgar a si mesmo para corrigir-se (2Co 13:5).

Leia com muita atenção o texto abaixo para entender certas situações que acontecem no meio evangélico hoje em dia, em comparação às do tempo de Cristo.

Então alguns fariseus e mestres da lei, vindos de Jerusalém, foram a Jesus e perguntaram:

“Por que os seus discípulos transgridem a tradição dos líderes religiosos? Pois não lavam as mãos antes de comer! ”

Respondeu Jesus: “E por que vocês transgridem o mandamento de Deus por causa da tradição de vocês?

Pois Deus disse: ‘Honra teu pai e tua mãe’ e ‘quem amaldiçoar seu pai ou sua mãe terá que ser executado’.

Mas vocês afirmam que se alguém disser a seu pai ou a sua mãe: ‘Qualquer ajuda que vocês poderiam receber de mim é uma oferta dedicada a Deus’,

ele não é obrigado a ‘honrar seu pai’ dessa forma.
Assim vocês anulam a palavra de Deus por causa da tradição de vocês.
(Mateus 15:1-6 NVI)

Entende agora como muitas denominações de igrejas cobram que os membros obedeçam suas tradições, mas nem por isso essas tradições religiosas estão em acordo com a Palavra de Deus?!

Precisamos ficar atentos às características de um evangelho falso, que não foi ensinado por Cristo nem pelos apóstolos, que seja divorciado da Palavra de Deus, e não concordar com o que fere a sã doutrina! (2 Tm 4:3)

3. O crente falso ama pregações da Palavra, mas na prática ele realmente não é muito atento

E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos. (Tiago 1:22 ARC)

Já na igreja primitiva, apenas algumas décadas depois de Cristo, já se sofria com este problema.

Haviam realmente crentes estudados nas Escrituras e que faziam bons discursos; estes amavam estar na igreja ouvindo e pregando a Palavra, eram realmente muito bons na teoria, mas na prática falhavam demais!

Por isso Tiago os repreende severamente em sua carta, lhes cobrando que sejam cristãos verdadeiros e que não ficassem só apaixonados pelos púlpitos das igrejas e gostando de serem ouvidos.

É realmente difícil as vezes identificar se um crente que está pregando é falso ou verdadeiro, mas como disse o Senhor: “Vocês os reconhecerão por seus frutos. Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas?”

Isto significa que um lobo vestido de ovelha demonstrará características de um cristão falso através de suas práticas, comportamentos, atitudes ou hábito; em momento ou em outro.

4. Geralmente o crente falso tem desprezo pelas pessoas pobres, mas honra demais os ricos ou de posição de autoridade.

Meus irmãos, não tenhais a fé de nosso Senhor Jesus Cristo, o Senhor da glória, em acepção de pessoas.

Porque se vier à vossa assembleia um homem com um anel de ouro, em bons trajes, e entrar também um homem pobre com traje sórdido,
e mostrardes respeito ao que traz o bom traje, e lhe disserdes: Assenta-te tu aqui em um bom lugar; e disserdes ao pobre: Fica tu em pé, ou assenta-te abaixo do meu estrado.
Não estais sendo parciais entre vós mesmos, e não vos tornastes juízes de maus pensamentos?

Ouvi, meus amados irmãos: Porventura não escolheu Deus aos pobres deste mundo para serem ricos na fé, e herdeiros do reino que prometeu àqueles que o amam?
Mas vós desprezastes o pobre. Não vos oprimem os ricos, e não vos levam aos bancos dos réus?
Porventura não blasfemam eles o nome digno pelo qual fostes chamados?

Se cumprirdes a lei real, conforme a Escritura: Amarás a teu próximo como a ti mesmo, fazeis bem.
Mas, se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, e sois condenados pela lei como transgressores.
(Tiago 2:1-9 KJF)

Este texto, por si só, dispensa demais comentários, não é mesmo?!

Porém mesmo assim quero chamar nossa atenção para o fato de Tiago estar escrevendo para cristãos que ele considerava como irmãos, ou seja, talvez eles se converteram e desenvolveram características de um cristão verdadeiro, mas com o passar do tempo foram caindo no engano.

Por isso é importante não só ver a vida de outros que acabamos os identificando como falsos cristãos, mas também examinar a nós mesmos para que não caiamos no mesmo erro (Mt 7:3).

Falarei mais disso adiante.

5. Ele vive fazendo comentários negativos e acaba espalhando contendas e ressentimentos dentre os irmãos.

Infelizmente muitas pessoas teoricamente se convertem a Cristo e desenvolvem mais características de um falso cristão do que de um verdadeiro, pois faz pouco caso de mudar seus comportamentos para o que a sã doutrina realmente nos orienta.

E eu, irmãos, não pude falar a vós como a espirituais, mas como a carnais, como a bebês em Cristo.
Eu alimentei-vos com leite e não com alimento sólido, porque até agora não fostes capazes de suportar, nem mesmo agora sois capazes;
porque ainda sois carnais, pois, havendo entre vós inveja, contendas e divisões, não sois carnais e andais como os homens?
(1 Coríntios 3:1-3 KJF)

Deus definitivamente detesta pessoas que fazem mal uso de sua língua, para espalhar contendas e divisões dentre os irmãos (Pv 6:16-19).

Infelizmente o verdadeiro foco destes falsos crentes não está em Cristo, mas nos acontecimentos da vida dos outros, e em observar de maneira critica e negativa a todas as pessoas.

6. Um cristão falso, o verdadeiro lobo vestido de ovelha, mostra traços de autoritarismo e egoísmo.

O falso obreiro acha que por ocupar posição de autoridade deve ser servido pelas pessoas, quando na verdade foi chamado em seu ministério para servir.

Nós, obreiros de Deus, precisamos nos lembrar continuamente das palavras de nosso Mestre, que ao observar a disputa de seus discípulos para ver qual deles seria o maior, disse:

“Se alguém quiser ser o primeiro, será o último, e servo de todos”. (Marcos 9:33-35)

Para entendermos com mais clareza como nosso chamado é para glorificar a Deus e servir aos irmãos, basta examinarmos os exemplos que o próprio Senhor nos deu, para isto leia João 13:12-15 e Filipenses 2.5-8.

7. O cristão falso ama a “auto-exibição”.

Repare que quando ele faz uma caridade quer ser visto pelos outros (Mt 6:2), quando ele jejua quer que todos percebam que ele está se sacrificando para notarem que é um verdadeiro “santarrão” (Mt 6:16), ama mostrar uma aparência religiosa devota, e quando este ora gosta que todos vejam o quanto a sua oração é “espetacular” e o quanto ele é uma pessoa “cheia de Deus” (Mt 6:5).

Ele se acha demasiadamente justo e esforçado na vida religiosa.

Verdadeiramente quando estamos envolvidos continuamente em uma vida religiosa “impecável” e de atividades na igreja, acabamos nos esquecendo de qual é a nossa verdadeira natureza sem Cristo, e como estávamos sem Ele no mundo, ou o quanto necessitamos da misericórdia de Deus para sermos salvos.

Mas graças a Deus que nosso Mestre nos lembrou muito bem que o orgulho próprio e desprezo a outras pessoas são características de um cristão falso, que já se perdeu do caminho da verdade e da humildade do evangelho.

Basta nos lembrarmos da atitude do fariseu e do publicado que foram ao templo orar, e fazer sempre de nossa atitude como daquele publicano, que disse:

“Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!” (Lucas 18: 9-14)

Sobre as características de um cristão falso eu digo: vigiemos por nós mesmos!

Mas eu temo que, de algum modo, assim como a serpente enganou Eva com a sua sutileza, que as suas mentes sejam corrompidas da simplicidade que há em Cristo.
(2 Coríntios 11:3 KJF)

Precisamos vigiar por nós mesmos para que tais práticas não estejam nos contaminando e nos fazendo desviar da verdadeira simplicidade do evangelho, pois todos somos falhos e sujeitos a cair em algum destes pecados (1Co 10:12), por isso nos recomendou o apóstolo Paulo que façamos algo continuamente:

Examinai-vos a vós mesmo se estais na fé; provai-vos a vós mesmos.
Ou não vos conheceis a vós mesmos, de que Jesus Cristo está em vós?
A menos que estejais reprovados.
(2 Coríntios 13:5 KJF)

Como você vê neste estudo sobre as atitudes de um cristão, é de grande importância que sejamos maduros em nossa vida cristã e no conhecimento e prática da Palavra de Deus, assim como é importante que alimentemos um relacionamento vivo e sincero com o Espírito Santo, através do arrependimento de nossos pecados e da santificação.

Por isso, depois de limparmos o nosso interior contra as malignidades e hipocrisia deste mundo e do meio religioso em que as vezes vivemos (Tg 1:21), precisamos nos dedicar e continuar estudando a Palavra de Deus, exercendo com cada vez mais fervor, dedicação e capricho a obra para a qual fomos chamados a realizar.

Abaixo você confere alguns materiais de estudo bíblico que te ajudarão a capacitar-se melhor para a obra de Deus, clique naquele que corresponde ao seu chamado e desfrute de um crescimento espiritual maravilhoso em seu viver.

Ao desenvolver as características de um cristão verdadeiro, nascido de novo, você também estará apto para realizar a obra de Deus como um verdadeiro obreiro aprovado.

Fonte: Bíblia Ensina

Postagem Original: https://bibliaseensina.com.br/caracteristicas-de-um-cristao-falso/

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: