Cidadania e Política Igreja Perseguida Últimas Notícias

“Se morrermos, morreremos por Jesus”, diz jovem cristão sobre retorno ao Iraque

"Se morrermos, morreremos por Jesus", diz jovem cristão sobre retorno ao Iraque
Hotel em Promoção - Caraguatatuba

O jovem Youssif confessou que a vida de um cristão no Iraque não é fácil, mas está pronto a enfrentar as dificuldades.

Faça Sua Parte - Compartilhe!

retorno de cristãos à cidade histórica de Qaraqosh (Iraque) tem sido marcada por uma mistura de sentimentos, que vão de alegria por estar de volta para a terra natal, passando pelo alívio da expulsão do Estado Islâmico, até o medo da remanescência do extremismo e da intolerância religiosa na região.

Mas em meio a todo este turbilhão de sentimentos, um deles está sobressaindo: a esperança. O jovem Youssif é uma prova disso e destacou em um depoimento publicado pela Missão Portas Abertas a sua satisfação em retornar à sua terra, que havia sido tomada pelo Estado Islâmico em 2014.

Ele confessou que quando voltou, temia encontrar muitas dificuldades e ter que lidar com a falta de esperança em seu povo, já que muitas casas e igrejas haviam sido destruídas.

Receba Estudos no Celular!

“Mas reconstruímos nossa vida aqui e eu estou na escola de novo. Desde que começamos a reconstruir, houve uma mudança para melhor. Em muito pouco tempo, as coisas ficaram melhores”, diz o rapaz.

Youssif continua sentindo falta dos amigos, pois a maioria deles deixou o país e ainda não retornou. Mas atualmente faz bom uso do tempo, focando no futuro e não negocia seus momentos de devocional e idas à igreja.

“Eu não saio muito, não tenho uma vida ocupada, cheia de coisas. Mas se quero ser bem-sucedido, tenho que estudar muito. Apesar de o futuro ser incerto, agora eu tenho fé”, afirma.

“Se morrermos, morreremos por Jesus”

Youssif reconhece que a vida de cristãos no Iraque pode não ser nada fácil, porém assegurou que os crentes iraquianos estão conscientes disso e estão munidos de muita coragem e fé para enfrentar as dificuldades que estão por vir.

“Nossa fé é maior do que pensamos. Descobrimos isso quando estávamos reformando nossas casas aqui em Qaraqosh. A vida pode ser dura, mas nossa fé nos ajudou a reconstruir”, relata. “Ainda há medo, pois novos ataques podem acontecer. Pode haver medo, mas também há coragem entre os cristãos que escolheram ficar aqui. Se morrermos, morreremos por Jesus”.

Fonte: Guia-me

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/se-morrermos-morreremos-por-jesus-diz-jovem-cristao-sobre-retorno-ao-iraque.html

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: