Boko Haram intensifica ataques e igrejas pedem orações antes das eleições na Nigéria

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

As eleições devem realizar-se em 16 de fevereiro e o Boko Haram tem intensificado seus ataques na região nordeste da Nigéria.

Faça Sua Parte - Compartilhe!

Conforme as eleições se aproxima na Nigéria, o grupo terrorista Boko Haram está intensificando seus ataques na região nordeste do país. O pleito está previsto para o dia 16 de fevereiro e a segurança tem se tornado cada vez mais um motivo de oração entre as igrejas locais.

Mais de 100 soldados do exército nigeriano já foram mortos por milícias, que também apreenderam um enorme estoque de armas em confrontos na região, desde 26 de dezembro. O governo negou o número de soldados mortos.

Os ataques da facção da Província da África Ocidental (ISWAP) do Boko Haram intensificaram-se ainda mais nas últimas semanas, forçando milhares de pessoas a fugirem para áreas mais seguras do próprio país e também para o país vizinho, Chade. As informações são de um relatório divulgado no dia 18 de janeiro pela ‘Global Protection Cluster’, no Chade, um grupo de agências de ajuda humanitária, lideradas pelo Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR).

Receba Estudos no Celular!

Em dezembro de 2018, esta mesma facção do Boko Haram tomou a cidade de Baga, onde está se encontra a base de uma força multinacional, formada por Nigéria, Chade, Camarões e Níger para combater os terroristas.

Segundo a agência de notícias Reuters, desde o início dos conflitos, em 2009, o Boko Haram já matou cerca de 30 mil pessoas e obrigou cerca de dois milhões de pessoas a fugirem de suas casas.

Enquanto isso, o governo afirmou que há evidências de que os terroristas do Boko Haram estão planejando realizar novos ataques em toda a Nigéria antes das eleições de 16 de fevereiro.

O ministro da Informação, Lai Mohammed, alertou que os rebeldes estão se mobilizando para realizar ataques maciços e outros atos de violência em pelo menos 10 dos 36 estados da Nigéria.

Em um comunicado, a Missão Portas Abertas pediu que as igrejas continuem orando pela Nigéria.

“Peça ao Senhor para frustrar os planos dos malfeitores e por eleições pacíficas, livres e justas, pela proteção do Senhor sobre seus filhos e que os eleitores saiam em grande número para votar com sabedoria”, destacou a organização. “Ore para que Deus coloque no poder um presidente que respeite os direitos humanos e possa trazer a estabilidade necessária para a Nigéria”.

“Clame para que a Igreja Perseguida da Nigéria seja uma testemunha fiel de Cristo durante as eleições”, finalizou.

Líder da igreja do estado de Yobe, localizado na parte nordeste da Nigéria, o reverendo Dogo está pedindo aos cristãos de todo o mundo que orem pela situação das igrejas em sua região.

“Dependemos da oração dos irmãos para trazer a paz para que as pessoas voltem à sua terra natal”, disse ele. “Na Nigéria, sua cidadania se origina do local de seu nascimento. Se você sair dessa área, não terá nenhuma parte da Nigéria designada para você chamar de sua”.

Fonte: Guia-me

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/boko-haram-intensifica-ataques-e-igrejas-pedem-oracoes-antes-das-eleicoes-na-nigeria.html

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Right Menu Icon