Últimas Notícias

Pastor é espancado por multidão de 150 pessoas, após orar por doente na Índia

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!


O pastor foi arrastado para a rua e agredido por uma multidão, após orar por uma pessoa doente no sul da Índia.

Em um dos oito ataques contra cristãos desde que o isolamento social devido a Covid-19 foi flexibilizado na Índia, uma multidão de cerca de 150 pessoas no estado de Telangana arrastou um pastor para a rua para espancá-lo, depois que ele orou por uma pessoa doente.

“Eles me chutaram como se eu fosse uma bola de futebol”, disse o pastor Suresh Rao, ao International Christian Concern (ICC) sobre o ataque na aldeia Kolonguda no domingo passado.

Receba Estudos no Celular!

“Eles me arrastaram para a rua e me jogaram no chão”, acrescentou Rao. “Eles começaram a pisar em mim, rasgaram minhas roupas, me chutaram por todo o corpo e socaram meu olho esquerdo. Eu sofri uma lesão ocular grave como resultado de um coágulo sanguíneo”.

Os cristãos locais disseram à ICC que Rao chegou à casa do doente por volta das 9h30 da manhã para orar. Logo depois, a casa foi cercada por uma multidão de quase 150 pessoas lideradas por um homem identificado como Ashok.

Os agressores acusaram Rao de converter hindus ao cristianismo. “Eles disseram que a Índia é uma nação hindu e não há lugar para cristãos”, relatou Rao. “Estou preparado para esse tipo de acontecimento. Conheço o custo de servir a Jesus nessas aldeias remotas e continuarei a servir o povo desta região”.

A ICC registrou pelo menos oito ataques separados contra cristãos em duas semanas após a flexibilização parcial do bloqueio devido ao coronavírus.

Embora as leis “anti-conversão” existam há décadas em alguns estados da Índia, nenhum cristão foi condenado por converter alguém ao cristianismo. No entanto, essas leis permitem que extremistas hindus façam acusações falsas contra os cristãos e promovam ataques.

Os ataques à comunidade cristã na Índia, classificada em 10º lugar na lista de países que mais perseguem cristãos, continuaram mesmo durante a pandemia. A organização United Christian Forum documentou 56 ameaças contra cristãos e 78 incidentes de violência entre janeiro e março de 2020.

Fonte: Guiame.com.br

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/pastor-e-espancado-por-multidao-de-150-pessoas-apos-orar-por-doente-na-india.html

Hotel em Promoção - Caraguatatuba