Últimas Notícias

Mulheres vão a clubes de strip para levar o amor de Cristo: “Deus é quem faz a obra”

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!


Inspirado pelo amor de Jesus pelos perdidos, o grupo se dedica a resgatar mulheres da indústria do sexo.

Para o ministério Cherished (“Preciosa”, em tradução livre), toda mulher é especial e amada. Inspirado pelo amor de Jesus pelos perdidos, o grupo se dedica a resgatar mulheres da indústria do sexo, oferecendo esperança e uma saída.

“Uma vez que você está na indústria do sexo, você não recebe muito respeito de outras pessoas”, disse Carlie Gabbert, da Cherished, à CBN News. “Quer sejam seus clientes, seus gerentes ou até mesmo seus colegas de trabalho”.

Receba Estudos no Celular!

Quase doze anos atrás, Gabbert sentiu o chamado para ajudar mulheres que atuam em clubes de strip nos Estados Unidos.

“Um dia eu estava dirigindo pela rodovia em uma viagem à noite. Passamos por um clube de strip. Você sabe que meu primeiro pensamento foi desviar o olhar, e Deus realmente disse: ‘Por que você não ministra àquelas mulheres em vez de desviar o olhar delas?’”, explicou Gabbert.  

Dois anos depois, Gabbert soube que um ministério chamado “Established Footsteps” em Hampton, no estado da Virgínia, havia lançado o evangelismo Cherished. O ministério busca se aproximar de mulheres que atuam em clubes de strip. 

Ela descobriu que muitas delas estão lá apenas para pagar as contas. “Muitas vezes, elas estão na faculdade para se tornarem policiais, enfermeiras ou médicas”, disse Gabbert. “Muitas delas têm um segundo emprego como representante de seguros ou como auxiliar de enfermagem ou assistente de dentista ou trabalham em um restaurante. Você pode ganhar um dinheiro bem rápido.”

Uma vez por mês, Gabbert e uma equipe de voluntários visitam esses clubes, com amor e presentes para as mulheres, como batons ou esmaltes. Junto com os itens, um cartão com o contato do ministério diz: “Você é amada, valorizada e querida”.


Voluntárias montam kits com presentes para mulheres que irão ministrar. (Foto: Reprodução/Cherished)

O ministério também dá às mulheres mensagens de encorajamento. “O Senhor nos pede para colocar um versículo, ou uma oração específica, e esse bilhete tem sido maravilhoso em nosso evangelismo. Frequentemente, as mulheres dizem: ‘Como você sabia que eu precisava disso agora?’”, diz Gabbert.

A oração também desempenha um grande papel no evangelismo. “Nós podemos circular dentro do clube e orar em círculo, e todas oram e então nos abraçamos”, disse Gabbert. “É simplesmente incrível. É como dar um chute na cara de Satanás”.

No processo, algumas mulheres permanecem na mesma vida, enquanto outras passam a frequentar a igreja e entregam suas vidas a Cristo. Uma delas é Alynna, que conheceu o ministério enquanto tentava conseguir trabalho em um clube de strip.

“Eu estava desesperada”, Alynna à CBN News. “Minhas economias acabaram, não tinha ninguém para me ajudar. Eu não conhecia ninguém aqui.”

Alynna é uma sobrevivente de estupro e cresceu frequentando uma escola cristã. Quando foi abordada pelas evangelistas, uma delas percebeu: “Você conhece a Palavra”.

Depois de entregar sua vida a Jesus, Alynna conseguiu um emprego como intérprete e reconhece a importância do ministério em sua caminhada. “Há uma saída e Deus fará isso por você, porque Ele fez isso por mim. Olhe para mim. Estou aqui. Estou viva. E estamos aqui para ajudar todas as outras a sobreviver”, disse ela. 

Embora o impacto da pandemia tenha levado mais mulheres à procura de trabalho em clubes de strip, Gabbert vê isso como uma oportunidade.

“Muito mais pessoas precisam de dinheiro extra, então, por um lado, vimos novas mulheres dançando, por outro lado, há menos clientes porque eles estão tentando economizar seu dinheiro, e também com restrições de lotação nos clubes”, observa Gabbert.

Gabbert explicou que, no final, tudo leva ao objetivo de ajudar mais mulheres a encontrar a cura que só Deus pode fornecer. “Na verdade, é só o Espírito Santo. Estamos apenas dispostos e o Senhor nos usa. Ele é quem realmente faz a obra ali”, destacou.

Fonte: Guiame.com.br

Postagem Original: https://www.guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/mulheres-vao-clubes-de-strip-para-levar-o-amor-de-cristo-deus-e-quem-faz-obra.html

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Eis-me Aqui