Últimas Notícias

Local do batismo de Jesus está limpo de minas terrestres após 50 anos

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!


Milhares de minas terrestres foram colocadas por militares israelenses durante conflitos com a Jordânia em 1970.

Uma igreja perto do local tradicional do batismo de Jesus no rio Jordão fez uma celebração religiosa pela primeira vez em 54 anos no domingo (10), depois que o local foi declarado livre de minas terrestres.

O padre Francesco Patton, guardião da Terra Santa para a Igreja Católica Romana, conduziu frades franciscanos em uma procissão ao santuário, que já foi uma zona de guerra entre Israel e Jordânia.

Receba Estudos no Celular!

Embora os dois países estejam em paz desde 1994, sete igrejas foram abandonadas por mais de 50 anos na área de operações de desminagem. A região fica a cerca de um quilômetro do local de batismo Qasr al-Yahud (“O Castelo dos Judeus”) perto de Jericó, que é uma grande atração para os peregrinos cristãos.

A procissão contou com a presença de apenas 50 pessoas devido às restrições da Covid-19.

Os esforços israelenses de desminagem começaram em 2018 e incluíram o apoio do Halo Trust, um grupo de remoção de minas com sede na Escócia, disse um oficial israelense.

O Ministério da Defesa de Israel anunciou que, desde o início de 2021, o “perigo foi completamente removido”.

Depois de visitar o santuário, os frades passaram por placas apagadas dizendo “perigo – minas!” em inglês, árabe e hebraico enquanto desciam ao rio para os rituais católicos.

Fonte: Guiame.com.br

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/israel/local-do-batismo-de-jesus-esta-limpo-de-minas-terrestres-apos-50-anos.html

Hotel em Promoção - Caraguatatuba