Últimas Notícias

Cristão luta por justiça para esposa sequestrada e estuprada por muçulmano no Paquistão

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!


Warris Masih exige que os sequestradores sejam punidos e presos pelos crimes cometidos contra sua esposa Venus Bibi, uma cristã mãe de cinco filhos.

O cristãos Warris Masih está pedindo justiça para sua esposa que foi sequestrada, drogada, espancada e estuprada por um muçulmano rico na província de Punjab, no Paquistão, em abril deste ano.

A mulher cristã de 30 anos, Venus Bibi, mãe de cinco filhos, saiu para fazer compras quando foi sequestrada em 1° de abril e mantida em cativeiro até 20 de abril, de acordo com o seu marido, em relato ao Pakistan Christian Post. 

Receba Estudos no Celular!

Quando Venus voltava para casa, alguns homens muçulmanos a abordaram, mandando entrar num carro sem fazer alarde. 

O esposo Warris identificou o sequestrador como Muhamad Akbar, um muçulmano rico e influente da região, que já havia sequestrado uma mulher cristã divorciada, mas não recebeu punição. 

Warris relata que somente após várias tentativas para socorrer a esposa, a polícia local libertou Venus, que foi encontrada debilitada em uma estrada perto de seu vilarejo, ela não conseguia nem mesmo andar. O casal cristão suspeita que Muhamad Akbar tenha subornado a polícia para manter Venus em cativeiro. 

“Eu quero justiça para minha esposa. Quero que todos os sequestradores sejam presos e punidos por seus crimes, para que possam parar de sequestrar mais mulheres cristãs”, exigiu Warris. 

Mulheres cristãs enfrentam dupla vulnerabilidade

A International Christian Concern (ICC), uma instituição que monitora a perseguição no mundo, comentou o caso: “Com a segunda maior população muçulmana do mundo, os cristãos no Paquistão são vistos como cidadãos de segunda classe e recebem pouca proteção de seu governo. Como resultado, meninas e mulheres cristãs são frequentemente sequestradas, torturadas e mortas sem consequências para seus perpetradores”.

As meninas e mulheres cristãs são duplamente vulneráveis à perseguição no Paquistão: por seu gênero e por sua fé. Casos de sequestro de cristãs no país são frequentes, algumas são vítimas de casamento forçado e conversão ao Islã. As autoridades paquistanesas não protegem as mulheres e, com frequência, se aliam ao agressor. Também há relatos de tráfico de meninas cristãs para trabalho forçado e uma rede de prostituição que as envia para a China.

No mês passado, um cristão no Paquistão foi morto por um grupo de muçulmanos radicais por denunciar o assédio sexual cometido contra sua irmã. Arif Masih, de 32 anos, foi sequestrado, espancado, envenenado e morto na aldeia de Tariqabad, na província de Punjab, de maioria muçulmana, em 23 de maio.

Três dias antes do assassinato de Arif, sua irmã foi assediada sexualmente por dois homens muçulmanos, Muhammad Tariq e Muhammad Majid, que a arrastaram de uma loja para a rua e a deixaram nua.

O Paquistão está na 5º posição na Lista Mundial de Perseguição de 2021 da Missão Portas Abertas.

Fonte: Guiame.com.br

Postagem Original: https://www.guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/cristao-luta-por-justica-para-esposa-sequestrada-e-estuprada-por-muculmano-no-paquistao.html

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Eis-me Aqui