Cidadania e Política Últimas Notícias

CPI pega fogo: Renan ameaça prender Wajngarten e Girão rebate: “Enquadrar o depoente para confirmar uma narrativa pronta” (veja o vídeo)

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!

A CPI da Covid-19, também conhecida como a “CPI do Circo” ou “Tribunal de Renan Calheiros”, foi marcada por brigas e tumultos, nesta quarta-feira (12), após declarações intimidatórias dos senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Omar Aziz (PSD-AM), relator e presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, respectivamente.

Aziz, inicialmente, afirmou que Wajngarten poderia ser dispensado e obrigado a retornar na condição de investigado; caso não cooperasse com o direcionamento embutido nas perguntas de Renan Calheiros.

Em seguida, foi a vez de Renan ameaçar prender Wajngarten, causando reação por parte dos senadores Marcos Rogério (Democratas) e Eduardo Girão (Podemos-CE).

“Esse depoimento tem se encaminhado para um terreno muito ruim. Aqui, tiveram dois ex-ministros que confirmaram a existência da consultoria paralela. Feita a pergunta ao depoente, ele disse desconhecer a existência, mas é o contrário. Vossa senhoria é a prova da existência dessa consultoria. É a primeira pessoa que incrimina o presidente Jair Bolsonaro, pois iniciou uma negociação se dizendo em nome do presidente”, atacou Calheiros.

“Queria sugerir requisitar o áudio da Revista Veja para verificarmos se o secretário mentiu ou não mentiu. Se ele mentiu, ele terá desprestigiado e mentido ao Congresso Nacional, o que é um péssimo exemplo. Se ele mentiu à Veja e a esta comissão, vou requerer a Vossa Excelência a prisão do depoente. Apenas para não dizerem que não estamos tratando a coisa com a seriedade que a investigação requer”, ameaçou.

Receba Estudos no Celular!

O senador Marcos Rogério rebateu a vez, retrucou:

“Não cabe ao relator ou a qualquer integrante desta CPI ameaçar o depoente de prisão. Vossa excelência deveria saber que a prisão só pode acontecer em flagrante. Nem poderia, posteriormente, em razão de eventual contradição. Não cabe. Não cabe. Não cabe! Isso é abuso de autoridade, senador Renan Calheiros! Quando o depoimento não agrada o senhor, o senhor descarta, desqualifica (…)”, disparou.

Após o senador oposicionista, Randolfe Rodrigues (Sustentabilidade-AP) apoiar Renan, Marcos Rogério se manifestou outra vez:

“Estamos diante de um clássico caso de abuso de autoridade. Querendo enquadrar o depoente para produzir conteúdo e confirmar uma narrativa pronta”, revelou.

Eduardo Girão tomou a palavra e proferiu severas críticas à gestão da CPI, dando origem a um bate-boca com Aziz.

Confira o vídeo:

Em tempos de “censura”, precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido… Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/29526/cpi-equotpegaequot-fogo-renan-ameaca-prender-wajngarten-e-eduardo-girao-rebate-enquadrar-o-depoente-para-confirmar-uma-narrativa-pronta-veja-o-video

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Eis-me Aqui