Últimas Notícias

Céu de sangue na China levanta discussões sobre sinais do fim dos tempos

Céu de sangue na China levanta discussões sobre sinais do fim dos tempos
Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!


Apesar de se tratar de um fenômeno climático, as pessoas ficaram apavoradas e alguns internautas acreditam ser um aviso de futuras catástrofes no país.

O céu na China, de repente, se transformou e apresentou uma cor vermelho-sangue assustando os moradores da cidade portuária de Zhoushan, no começo desta semana. 

As condições climáticas únicas fizeram muitos se perguntarem se o fim dos tempos já havia chegado. Enquanto as pessoas faziam vídeos, podia-se ouvir as vozes questionando sobre o fenômeno misterioso.

Receba Estudos no Celular!

Uma sensação de pânico se espalhou enquanto as espessas camadas de neblina eram vistas como um “mau presságio”.

O Departamento Meteorológico de Zhoushan, no entanto, esclareceu que não havia nada de errado com o clima naquele dia e que o céu carmesim foi causado pela refração incomum da luz dos barcos de pesca próximos dali. 

“Quando as condições climáticas são boas, mais água na atmosfera forma aerossóis que refratam e dispersam a luz dos barcos de pesca e criam o céu vermelho visto pelo público”, disseram alguns funcionários. 

 

O vídeo que viralizou mostra as cenas do fim da tarde vermelha até o momento em que a noite tomou conta do cenário e o fenômeno desapareceu.

A mídia local reforçou que o fenômeno climático era normal, mesmo assim muitas pessoas continuaram comentando. 

Alguns usuários do Douyin, a versão chinesa do TikTok, disseram que o céu vermelho era um sinal de que “acidentes vão acontecer”.

Os comentários tiveram associação com a forma como a China lidou com a pandemia por Covid-19. O vírus ressurgiu, recentemente, na cidade vizinha de Xangai, onde novos bloqueios extremos foram implementados.

Um dos usuários que também acredita que o céu vermelho é um aviso de futuras catástrofes, disse que já começou a estocar suprimentos.

Sobre os sinais do fim dos tempos

Teólogos falam sobre os sinais no Sol, na Lua e nas estrelas. Porém, hoje em dia, como saber o que pode ser considerado profético ou não?

Quando Jesus  respondeu aos discípulos sobre os sinais que indicariam o “fim dos tempos”, no livro de Lucas, além de citar terremotos, guerras, fomes e pestes, Ele também disse que haveria “grandes sinais provenientes do céu” (Lucas 21.11).

No mesmo capítulo, Jesus especificou que estes sinais estariam “no sol, na lua e nas estrelas” e que os “poderes celestes seriam abalados” (vs. 25,26). E para completar, no livro de Atos, Pedro repete as palavras do profeta Joel, reforçando sobre tudo o que Deus fará nos “últimos dias”.

“…derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os jovens terão visões, os velhos terão sonhos. Sobre os meus servos e as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e eles profetizarão. Mostrarei maravilhas em cima no céu e sinais embaixo, na terra, sangue, fogo e nuvens de fumaça. O sol se tornará em trevas e a lua em sangue, antes que venha o grande e glorioso dia do Senhor”. (Atos 2.17-20)

O Guiame já divulgou a opinião de vários especialistas, que alertaram que nem todos os eventos celestiais da atualidade são os sinais dos quais Jesus falou. 

O que dizem os cientistas e líderes cristãos?

“Recentemente, as pessoas estão acreditando em conceitos equivocados e associando isso com ensinamentos e profecias bíblicas”, disse Eduardo Lutz, um cristão matemático e doutor em Astrofísica e Física Nuclear.

O pastor Antônio Júnior disse que devemos ler a Bíblia e ter uma vigilância consciente: “Não podemos ignorar os sinais que mostram que Jesus está próximo, porém é preciso ter cautela ao associar as notícias com as profecias”. 

“É importante observar os sinais, mas Jesus não quer que a gente fique olhando para o céu o tempo todo, só em busca de sinais. Ele não quer que a gente pare a nossa vida, mas que a gente viva e pregue o Evangelho”, disse.

O pastor Lamartine Posella, frequentemente, comenta sobre assuntos relacionados ao fim dos tempos. Para ele, os sinais estão no céu cada vez mais evidentes e apontam para a volta de Jesus. 

Ele já analisou fenômenos como a “super lua de sangue” e eclipses solares. “Quando há um eclipse lunar ou ‘luas de sangue’ é sinal do juízo de Deus ou do tratamento com a nação de Israel”, especificou.

“O texto fala de eclipses”, apontou. “Segundo a Bíblia, antes da Grande Tribulação haverá eclipses solares e lunares. A Palavra está dizendo que o Sol se converterá em trevas e a Lua em sangue”, concluiu.

Fonte: Guiame.com.br

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/mundo-cristao/ceu-de-sangue-na-china-levanta-discussoes-sobre-sinais-do-fim-dos-tempos.html

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Eis-me Aqui