Últimas Notícias

Biden assina decreto que facilita viagem de mulheres para fazer aborto

Biden assina decreto que facilita viagem de mulheres para fazer aborto
Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!


A Ordem Executiva vem um dia após eleitores do Kansas rejeitarem uma iniciativa que removeria as proteções ao aborto da Constituição do Estado.

“Estou empenhado em fazer tudo o que estiver ao meu alcance, incluindo tomar medidas fortes como a Ordem Executiva que assinei hoje, para salvaguardar o acesso aos cuidados de aborto”. Com essa declaração, Joe Biden justificou a assinatura do decreto, nesta quarta-feira (03), para financiar viagens de mulheres para Estados onde o aborto é permitido

O decreto de Joe Biden pede que o Departamento de Saúde federal considere permitir o uso de verbas do Medicaid, programa de seguro financiado por verbas estaduais e federais que supervisiona, para apoiar mulheres de baixa renda em viagens para fora de seus Estados para serviços relacionados ao aborto, segundo fonte sênior do governo.

Receba Estudos no Celular!

AdChoicesADVERTISING

A vice-presidente Kamala Harris e equipe assistem assinatura da Ordem Executiva sobre facilitação de aborto. (Foto: Twitter/Joe Biden)

Com fisionomia feliz, a vice-presidente Kamala Harris e demais integrantes da equipe de governo assistiram à assinatura do decreto em outro ambiente, devido Biden ter recebido diagnóstico de Covid pela segunda vez.

O decreto pede que o secretário de Saúde e Serviços Humanos, Xavier Becerra, considere convidar Estados a pedirem isenções ao tratarem pacientes que cruzarem as divisas estaduais para obter acesso a serviços de saúde reprodutiva, afirmou a autoridade, sem dar detalhes adicionais.

É o segundo texto emitido pela Casa Branca – o anterior foi em julho – desde que a Suprema Corte dos EUA derrubou o dispositivo Roe vs. Wade, que dava direito às mulheres fazerem aborto em todo o país.

‘Poder das mulheres’

Segundo o presidente americano, que é do partido Democrata, a Suprema Corte e os republicanos ignoram o poder das mulheres.

O decreto vem um dia após eleitores do Kansas rejeitarem uma iniciativa que removeria as proteções ao aborto da Constituição do Estado. O voto foi uma vitória retumbante para o movimento de direitos ao aborto no primeiro teste estadual desde a decisão da Suprema Corte.

“Eu não acho que a corte tenha alguma noção sobre esse assunto ou o Partido Republicano para esse assunto… como as mulheres vão responder. Eles não têm a menor ideia sobre o poder das mulheres americanas”, disse Biden. “Ontem à noite no Kansas eles descobriram.”

Celebrando acesso a aborto

Biden chamou o resultado do Kansas de “vitória decisiva” e disse que os eleitores do Estado enviaram um “sinal poderoso” que deixa claro que os políticos não devem interferir nos direitos fundamentais das mulheres.

“Esta luta não acabou e vimos isso ontem à noite no Kansas”, disse Biden. A Suprema Corte “praticamente desafiou as mulheres neste país a irem às urnas e restaurar o direito de escolha”, que tinha acabado de retirar, disse Biden.

 

Fonte: Guiame.com.br

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/noticias/biden-assina-decreto-que-facilita-viagem-de-mulheres-para-fazer-aborto.html

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Eis-me Aqui