Últimas Notícias

57% dos evangélicos dos EUA consideram difícil compreender a Bíblia por conta própria

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!


Segundo uma pesquisa da ‘LifeWay Research’, boa parte dos cristãos considera que ler a Bíblia por conta própria é algo ‘desafiador’.

Grande parte dos cristãos protestantes diz estar confiante de que poderia resolver as dúvidas de alguém sobre a veracidade das Escrituras, mas muitos outros têm confessado que também acham a leitura da Bíblia “desafiadora”, principalmente quando é feita por conta própria, de acordo com uma nova pesquisa.

A pesquisa da ‘LifeWay Research com 1.002’ cristãos protestantes frequentadores de igrejas que costumam comparecer aos cultos pelo menos uma vez por mês descobriu que 57% disseram que “acham difícil entender a Bíblia” quando a lêem por conta própria. 19% concordaram “fortemente” com a declaração, enquanto 38% disseram que “concordam”.

Receba Estudos no Celular!

A pesquisa, divulgada quarta-feira, foi realizada em parceria com o projeto ‘Explore the Bible’.

“Ler e estudar como indivíduo é importante, mas precisamos de outras pessoas para nos ajudar a pensar no que descobrimos”, disse Dwayne McCrary, do projeto ‘Explore the Bible’. “Estudar juntos também nos permite obter ideias de outras pessoas que também nos levam adiante em nosso estudo”.

Mas em outras questões, os cristãos expressaram confiança. Por exemplo:

90% concordaram que “quando leio uma passagem da Bíblia por conta própria, geralmente consigo entender como ela é relevante para mim”.

82% concordaram que, se alguém viesse a eles “expressando dificuldade em aceitar os costumes ensinados na Bíblia que não se encaixam em seus valores culturais, seria capaz de resolver diretamente suas dificuldades”.

81% concordaram que, se alguém viesse a eles “expressando dúvida sobre a veracidade das Escrituras, seria capaz de resolver suas dúvidas diretamente”.

81% concordaram que se o vizinho expressasse confusão sobre uma passagem da Bíblia, seria capaz de ajudar a pessoa.

“É possível que a confiança dos que frequentam as igrejas em ajudar outras pessoas a entenderem a Bíblia provenha mais do que foram ensinados do que de suas próprias leituras”, disse McConnell. “Os que frequentam a igreja com mais frequência têm mais confiança em ajudar alguém com uma passagem confusa das Escrituras”.

Enquanto isso, a maioria dos frequentadores das igrejas diz acreditar que as Escrituras são uma verdade atemporal.

Por uma margem de 66 a 30%, os frequentadores das igrejas disseram que discordavam da afirmação: “Eu aceito algumas verdades da Bíblia, mas outras simplesmente não se encaixam no que eu acredito”.

Da mesma forma, por uma margem de 70 a 24%, os frequentadores de igrejas discordam de que “à medida que a cultura muda, algumas verdades bíblicas se tornam obsoletas”.

Mais de 4 em cada 5 frequentadores das igrejas (82%) disseram que “a verdade de Deus pode significar coisas diferentes para pessoas diferentes”.

É importante, disse McCrary, entender um verso em seu contexto original e também como ele se aplica hoje.

“Nós tendemos a pular do que uma passagem diz para o que fazemos em resposta e esquecemos de considerar o princípio ou a verdade por trás do que é dito”, disse McCrary. “Fazer o estudo da Bíblia corretamente leva tempo e exige raciocínio, mas nos leva ao significado (que não muda) para que possamos ver como encontramos Deus hoje e qual deve ser a nossa resposta a esses encontros”.

Fonte: Guiame.com.br

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/mundo-cristao/57-dos-evangelicos-dos-eua-consideram-dificil-compreender-biblia-por-conta-propria.html

Hotel em Promoção - Caraguatatuba