Sem categoria

“Jesus pode tirar vocês dessa vida”, diz policial a jovens na delegacia

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!

“Jesus pode tirar vocês dessa vida”, diz policial a jovens na delegaciaO vídeo de um policial civil evangelizando jovens infratores está circulando pela internet mostrando que a ação da polícia nem sempre é violenta como muitos tentam afirmar.

“Jesus pode tirar vocês dessa vida”, diz policial a jovens na delegaciaO vídeo de um policial civil evangelizando jovens infratores está circulando pela internet mostrando que a ação da polícia nem sempre é violenta como muitos tentam afirmar.

Receba Estudos no Celular!

O policial que aparece nas imagens foi identificado como Plinio Capellari Menezes que aproveitou o momento de uma operação para incentivar aqueles jovens a abandonarem o mundo do crime.

“Se vocês estão aqui é porque alguma coisa na vida de vocês deu errado”, diz o policial pedindo atenção dos criminosos que estavam virados para a parede.

“Se tem uma pessoa no mundo que pode ajudar vocês e tirar vocês dessa vida chama-se Jesus Cristo. Não é só de boca, Jesus me tirou da lama. Se hoje sou policial é porque ele me tirou”, confessou.

Menezes afirmou também que existe uma saída, mas que é necessário fazer a escolha por Cristo e assim abandonar o crime e fez um alerta:

“Larga dessa vida, porque talvez o nosso próximo encontro não seja aqui, talvez eu vá ver vocês lá no IML”.

O policial pontuou que o crime só oferece duas saídas: a prisão ou a morte. “O salário do pecado é a morte e essa vida só vai trazer a cadeia ou morte. Não tem outra escapatória para vocês, a menos que vocês queiram entregar a vida para Jesus”.

Menezes pede para fazer uma oração e apresenta os meninos para que Deus os abençoe e que eles possam refletir sobre suas vidas durante o tempo que ficarem detidos.

Assista:

Fonte: Gospel Prime

Divulgação: Eismeaqui.com.br

{jacomment on}

 

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Eis-me Aqui