cerimonia_catolica01 cerimonia_catolica02 cerimonia_catolica03
Católicos sendo ou não praticantes podem se casar na Igreja de acordo com o ritual Católico.
Porém, o padre tem o poder de recusar a celebração de um casamento caso tenha razões para acreditar que os noivos não acreditem nos ideiais católicos.

A cerimônia católica é, atualmente, dominante no Brasil.
No catolicismo considera-se o casamento um verdadeiro sacramento, reconhecido como uma graça de Deus. Embora seja previsto que ele se realize somente em igrejas, é possível obter permissão da Cúria para que o casamento ocorra em qualquer outro local de acordo com a escolha dos noivos.
A cerimônia pode incluir uma missa completa ou ser uma breve celebração. Ela geralmente é formal e tem diversos rituais, como, por exemplo, a ordem de entrada na igreja ou local onde será realizada a celebração.

Durante a cerimônia, o padre solicita bastante a participação do casal, criando vários momentos para fotos. O ritual católico começa com um cortejo dirigindo-se lentamente para o altar, onde os participantes dividem-se em dois grupos: o da família da noiva e o do noivo.
A cerimônia católica têm, mesmo quando acompanhada de uma missa completa com comunhão ou não dos noivos e convidados, o seu ponto alto na colocação das alianças por cada noivo em seu par, momento que significa a troca de todas as promessas da vida nova em comum, na saúde e na riqueza ou em todos os momentos futuros do casal.

As alianças são trazidas em geral por uma daminha ou por um padrinho ou madrinha.
Realizado o casamento, o padre irá enviar um comunicado do casamento à Conservatória do Registo Civil, que fica junto à certidão de nascimento dos noivos.
Matéria publicada pelo C&Cia, para melhorar seu namoro, noivado, casamento, casamentos e ajudar as noivas e casais.