Cidadania e Política Homossexualismo Últimas Notícias

Pastores presbiterianos ou reformados, metodistas, luteranos e de outras denominações protestantes tradicionais são o principal apoio evangélico ao “casamento” entre indivíduos do mesmo sexo

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!

Julio Severo

Embora a maioria dos evangélicos ainda desaprove os relacionamentos entre indivíduos do mesmo sexo, a aprovação aumentou entre os pastores protestantes tradicionais, de acordo com uma nova pesquisa de LifeWay Research, sediada em Nashville, EUA, que perguntou aos pastores protestantes suas opiniões sobre esse assunto.

O aumento do apoio ao “casamento” entre indivíduos do mesmo sexo entre os pastores protestantes pode ser atribuído à mudança de atitudes entre certos grupos, especialmente pastores das principais denominações protestantes tradicionais, disse a pesquisa “Pastores das principais denominações protestantes tradicionais impulsionam o crescimento do apoio pastoral ao casamento entre pessoas do mesmo sexo,” de LifeWay.

Receba Estudos no Celular!

Pastores presbiterianos ou reformados (49%), metodistas (47%), luteranos (35%) e de outras denominações protestantes tradicionais responderam à pesquisa de LifeWay que não veem nada de errado no “casamento” entre indivíduos do mesmo sexo. Em comparação, apenas 3% dos batistas e 1% dos pentecostais têm a mesma visão esquerdista.

LifeWay constatou que pastores com doutorado (27%) ou mestrado (32%) têm mais probabilidade de apoiar o “casamento” entre indivíduos do mesmo sexo do que os pastores sem diploma universitário (6%). Portanto, pastores com diplomas mais elevados têm maior probabilidade de apoiar o “casamento” entre indivíduos do mesmo sexo do que pastores sem diploma universitário.

Esse resultado não é surpresa. As universidades estão cheias de professores esquerdistas que transmitem suas ideologias, inclusive ideologias homossexuais, a seus alunos. Portanto, se você encher a mente com uma educação de esquerda, você terminará pensando como esquerdista. Por outro lado, se você encher a mente com a Palavra de Deus, você pensará os pensamentos de Deus.

A pesquisa de LifeWay foi realizada por telefone com 1.000 pastores protestantes de 24 a 30 de setembro de 2019. Cada entrevista foi conduzida com o pastor principal, a partir de uma amostra aleatória retirada de uma lista de todas as igrejas protestantes nos EUA.

Do ponto de vista do Evangelho, a pesquisa de LifeWay é má notícia para os pastores presbiterianos ou reformados, metodistas, luteranos e de outras denominações protestantes tradicionais. Mas é boa notícia para os batistas e especialmente para os pentecostais. Mostra que os diplomas universitários não equipam os pastores para enfrentar desafios seculares e espirituais, mas os dons sobrenaturais e a unção do Espírito Santo são um excelente equipamento para os pastores enfrentarem tais desafios.

Enquanto os pastores protestantes tradicionais tratam seus diplomas e doutorados teológicos como seu maior equipamento para espalhar seu evangelho teológico, os pastores pentecostais e carismáticos tratam dons sobrenaturais e a unção do Espírito Santo como seu maior equipamento para espalhar o Evangelho vivo de Jesus Cristo.

Essa é a grande diferença. O melhor equipamento que os pastores protestantes tradicionais têm são seus diplomas, que provam que eles foram massivamente doutrinados por professores esquerdistas.

O melhor equipamento que os pastores pentecostais e carismáticos têm são os dons sobrenaturais e a unção do Espírito Santo.

Sem esse equipamento espiritual, até os melhores esforços dos pastores protestantes tradicionais “conservadores” fracassam. A Coalizão pelo Evangelho, que é reformada ou calvinista, apoia uma visão estranha de que os cristãos podem viver com sentimentos e desejos homossexuais sem rejeitá-los. Aliás, a Coalizão pelo Evangelho tem muitos membros que são pastores calvinistas nessa situação.

O liberalismo está avançando nas principais igrejas protestantes tradicionais dos EUA. Até a igreja protestante fundada por George Washington, o primeiro presidente dos EUA, adotou a homossexualidade.

Enquanto a educação universitária transforma pastores protestantes tradicionais em fantoches religiosos esquerdistas, menos apegados à Palavra de Deus e mais favoráveis à sodomia e ao falso “casamento” entre dois homens, os dons sobrenaturais e a unção do Espírito Santo tornam os pastores pentecostais e carismáticos mais apegados à Palavra de Deus, mais conservadores e mais favoráveis ao casamento tradicional entre apenas um homem e uma mulher.

Com informações da LifeWay Research.

Fonte: www.juliosevero.com

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Eis-me Aqui