Estudos Bíblicos

A soberania de Deus

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!

“Tudo o que o SENHOR quis, fez, nos céus e na terra, nos mares e em todos os abismos” [Salmos 135:6].

“Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E Ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele” [Colossenses 1:16-17]

“Não existe sequer um centímetro de nossa natureza humana do qual Cristo, que é soberano de tudo, não proclame ‘Meu!’” A.B Kuyper

Receba Estudos no Celular!

Difícil ser um cristão genuíno sem compreender a soberania de Deus. A forma como entendemos esse ponto específico nos transforma a ponto de mudarmos a nossa interpretação dos fatos da vida cotidiana. Deus é soberano sobre todos e todas as coisas desde a criação do universo? Ele age da maneira que lhe convém, quando lhe convém e onde lhe convém? Deus não presta contas a nenhum ser?

Se você quer conhecer um pouco mais sobre esse assunto, de forma que consiga responder essas perguntas, leia esse artigo até o final.

Como nós enxergamos a soberania de Deus?

No sermão sobre Mateus 20.15 de C H Spurgeon, o teólogo deixa claro que “não há atributo mais consolador para os filhos de Deus do que a soberania de Deus”. Saber que Ele está acima das nossas provações, dos nossos sofrimentos e dores é um acalanto na alma. Exalta em nós o sentimento de pertencimento. Deixa claro que há alguém no leme do barco durante as tempestades. Deus tem tudo sob o seu controle e nada consegue passar despercebido. Podemos pensar, em alguns momentos de nossa caminhada cristã, que Deus se esqueceu de nós ou que certa área de nossa vida está “atrasada”. Esse tipo de devaneio é relativamente comum, mas errado. A Bíblia diz que Ele age da forma que age “para que experimentemos a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”[Romanos 12:2]. Nosso papel é confiar no eterno amor desse Deus que tudo conhece e tudo sabe.

“SENHOR, tu me sondaste, e me conheces. Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos. Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó SENHOR, tudo conheces” [Salmos 139:1-4].

Ansiedade e Soberania de Deus

O sermão do monte também traz algumas lições sobre o desafio da ansiedade.  No final do capítulo 6, Cristo diz: “Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; mas, buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal” [Mateus 6:31-34]. Tudo já nos foi preparado, resta -nos apenas confiar na graça do Pai. Assim que você compreender a soberania de Deus será mais fácil descansar e confiar. Lance fora sua ansiedade e dê lugar à confiança.

Soberania de Deus e o Pecado

Você pode achar um tanto quanto paradoxal, mas – de alguma maneira – o pecado faz parte do plano maravilhoso de Deus. Caso contrário, Ele não seria soberano. É bem verdade que Ele também não criou o pecado, pois não seria santo se o fizesse.

“Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra? E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição; para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou” [Romanos 9:21-23].

Por mais difícil que seja, precisamos compreender que Deus permitiu que as mazelas do mundo corrompessem toda a terra para que o seu plano de salvação fosse real e eficaz. Sugiro que você assista a palestra do Dr. William Lane Craig. O filósofo e teólogo cristão discorre sobre as duas vertentes do problema do mal no mundo.

A soberania de Deus anula a responsabilidade do homem?

Podemos dizer então que somos apenas fantoches na mão de Deus, pois Ele governa tudo segunda a Sua vontade? De maneira nenhuma! Somos responsáveis diante de Deus porque ele é o nosso criador e nós somos criaturas. No livro de Romanos, lemos sobre a responsabilidade moral dos homens [Romanos 1.18-32]. Somos responsáveis diante de Deus porque Ele é o ponto de referência moral para o que é certo e errado. Somos responsáveis diante de Deus porque o propósito da criação é a glória de Deus

“A todos os que são chamados pelo meu nome e os que criei para a minha glória, os formei, e também os fiz” [Isaías 43:7]

Concluindo

“O ponto fixo do universo, o fato inalterável, é o trono de Deus.” G. Campbell Morgan

Quando compreendemos a soberania de Deus, encontramos nossa própria identidade. Vendo-o como Ele é, sabemos quem somos e para que fomos criados. Essa verdade é para nós libertadora; é o norte da nossa caminhada cristã. Somos servos de um rei que está em seu trono e o objetivo maior de nossa vida é exaltá-lo. Dedique seu tempo conhecendo as raízes do cristianismo. Elas nos ajudam a entender no que cremos e porque cremos de forma racional. Como já disse John Stott, crer é também pensar.

Fonte: Eis-me Aqui

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Eis-me Aqui