Apostolado contemporâneo

Refutação ao Apostolado contemporâneo [parte 05]

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!

Continuação…

5ª Análise: Joel 2 – Será esta passagem uma profecia para a restauração dos apóstolos e profetas?

“E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões; até sobre os servos e sobre as servas derramarei o meu Espírito naqueles dias. Mostrarei sinais e prodígios no céu e na terra: sangue, fogo e colunas de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a lua, em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor.” Joel 2:28-31

Receba Estudos no Celular!

Os apóstolos contemporâneos pegam esta passagem para justificar a restauração apostólica nestes últimos tempos. Porém teremos que analisar exegeticamente a passagem para averiguar se é verdade.

Em primeiro lugar, uma análise rápida, esta passagem não fala nada sobre “restauração do ministério apostólico”. Afirmar que sim é forçar o texto e distorcer a Bíblia utilizando da mais pura falácia! É afirmar o que a Bíblia não afirma.

Em segundo lugar, é preciso entender o contexto desta profecia que o profeta Joel diz em seu livro.

Veja o que um Renomado Comentário Bíblico diz a respeito de Joel 2:28-31:

“Essas bênçãos são espirituais e não dizem respeito a coisas materiais, mas ao reino do governo de Deus nos corações dos homens e nações. Esta seção particular, que forma um capítulo separado em hebraico, é uma profecia de que haveria um derramamento do Santo Espírito de Deus antes de haver qualquer visitação de julgamento final contra o mundo. Esses versículos devem a diversas causas as suas afirmações aqui feitas. Destacamos que Joel sentia que Israel necessitava de mais que uma penitência surgida em meio à austeridade e à fome. A nação também precisava ser transformada, santificada e conformada segundo a mente e a vontade de Deus. Isso só poderia realizar-se se Deus enviasse Seu Espírito aos corações de Seu povo. Então, ao desenrolar a tela da história da nação, o profeta predizia que, antes do julgamento do mundo, Deus enviaria seu Espírito para que seu povo pudesse alcançar Seu reino ao mundo. Naturalmente que isso foi o que aconteceu em Jerusalém (Atos 2:1:14), no dia de Pentecostes, depois da ascensão de Nosso Senhor. Esse fenômeno deixou muitos perplexos, ao tentarem compreendê-lo. O próprio comentário inspirado de Pedro, porém: “O que ocorre é o que foi dito por intermédio do profeta Joel”, assegurou-lhes de que o que estava sucedendo era, nada menos do que aquilo que havia sido predito; e o apóstolo passou a citar Joel 2:28-32.

Os versículos 30 e 31 não estão ligados aos acontecimentos do dia de Pentecoste, e alguns expositores bíblicos são levados a declarar que haverá ainda um outro derramamento mundial do Espírito Santo, antes do grande dia do Senhor. Pedro, entretanto, mui certamente identificou a passagem inteira de 2:28-31 com o dia de Pentecoste. Além disso, Joel talvez não tenha apanhado a plena significação e conexão das imagens que empregou; outros escritores apocalípticos também não o fizeram. Por conseguinte, podemos concluir que o que temos aqui é uma profecia sobre a vinda do Espírito Santo, no início dos “últimos dias” (Atos 2:26-21), os dias do Evangelho de Jesus Cristo e, depois disso, seguir-se-á, para todos os inimigos de Deus, súbito e terrível julgamento vindo do alto.

Fonte:
[ O Novo Comentário da Bíblia – Francis Davidson – Editora Vida Nova. ]

Continua as refutações nas próximas postagens…

Ruy Marinho
Fonte: [Bereianos]

Veja mais em Apostolado Contemporâneo

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.