Cidadania e Política Igreja Perseguida Últimas Notícias

Ex-muçulmano convertido ao cristianismo é torturado por extremistas no Quirguistão

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!

Jovem foi agredido por três radicais muçulmanos e se recusou a dizer a “shahada” para reconversão ao Islã.

Um homem do Quirguistão (país da Ásia Central ex-integrante da União Soviética) foi espancado quase até a morte por três muçulmanos irados depois de saberem de sua conversão ao cristianismo. Eldos Sattar Uuly, que tem aproximadamente 20 anos, foi mantido em cativeiro por dez horas em um escritório de promotoria na capital Bishkek pelo advogado de seus agressores.

“Vamos trancá-lo na prisão e você vai me implorar por sua vida”, ameaçou o advogado durante a última audiência.

Receba Estudos no Celular!

Eldos e seu tio Nurbek, que são cristãos, temendo por suas vidas, fugiram para outro país dois dias depois.

A perseguição de Eldos começou em 17 de outubro de 2018, quando três extremistas muçulmanos invadiram uma casa na aldeia de Tamchi, Issyk-Kul, procurando espancar seu tio cristão.

Quando encontraram Eldos na casa, perguntaram se ele era cristão também. O rapaz disse que sim e os homens o espancaram, jogaram Eldos no chão e o chutaram. Eles gritaram para Eldos que ele era um kaffir (um termo depreciativo para um não-muçulmano) e que ele havia traído o Islã (a visão islâmica clássica dos muçulmanos que saem do Islã).

Eldos conta que seus agressores tentaram forçá-lo a dizer a shahada (o credo islâmico, um dos Cinco Pilares do Islã), que é considerado conversão ou reconversão ao Islã, mas o rapaz se recusou.

Então os homens, repetidamente, o chutaram na cabeça enquanto Eldos estava indefeso no chão. O rapaz teve sua mandíbula fraturada e os seus dentes quebrados e foi deixado semi-consciente.

De acordo com o Portas abertas, o rapaz precisou ficar internado no hospital devido aos muitos ferimentos e corre risco de morte.

Eldos conta que ouviu quando eles o ameaçaram que voltariam para matá-lo se ele não saísse da aldeia pela manhã.

Ameaças

Os advogados dos agressores fizeram visitas ameaçadoras aos lares cristãos em três aldeias, jurando aos cristãos que eles queimariam suas casas se seus três agressores fossem punidos.

Eldos e seu advogado foram chamados para o escritório de Assuntos Internos em Bishkek em 23 de fevereiro para se encontrar com seus agressores como parte da investigação em curso, o que não é incomum na nação da Ásia Central.

Além de fazer ameaças, o advogado dos réus arrancou o telefone das mãos do advogado de Eldos, apagou as gravações e o agrediu fisicamente. Um investigador do governo, que estava presente, não fez nada para para inibir as ameças e agressões dos advogados dos réus.

O islamismo é a religião predominante do país, sendo que a maioria do quirguizes são muçulmanos sunitas.

Agradecimentos

Eldos, seu tio Nurbek e familiares cristãos enviaram, através da Portas Abertas, mensagem de agradecimento pelas orações por suas vidas:

“Queridos irmãos e irmãs que oram por nós em todo o mundo, obrigado por vocês serem uma parte da verdadeira luz de Deus! Obrigado por vocês se sacrificarem para orar por nós, por vocês “levarem nosso fardo”, por vocês não se fecharem em suas próprias vidas e interesses pessoais.

Obrigado por serem tão sensíveis à nossa dor e sofrimento! Obrigado por suas palavras encorajadoras, orações, pensamentos, apoio! Para nós, este é o reflexo real do amor de Deus, da sua natureza!

Que vocês brilhem e santifiquem a todos e tudo ao seu redor! Vocês são a glória dele! Eu quero que vocês saibam que a atitude, amor e orações de vocês mudaram meu coração e se tornaram um grande exemplo de como estar aberto ao sofrimento alheio, de como seguir e imitar a Cristo. Suas palavras me encorajaram a permanecer firme em nossas dificuldades. Obrigado pelo seu ministério – é realmente eficaz e importante! Estamos felizes em fazer parte desta maravilhosa família!”

Fonte: Guiame.com.br

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/ex-muculmano-convertido-ao-cristianismo-e-torturado-por-extremistas-no-quirguistao.html

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba