Cidadania e Política Estudos Bíblicos Estudos da Semana Teologia Sob Medida Últimas Notícias

“Jesus não se preocupou com sua reputação, mas em cumprir seu propósito”, diz pastor Lucinho

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

O pastor ministrou sobre uma ‘geração imparável’ e usou Jesus Cristo como exemplo para a nova geração.

Faça Sua Parte - Compartilhe!

O pastor Lucinho Barreto afirmou que “Jesus não se preocupou com sua reputação. Ele Se ocupou em cumprir o seu propósito”, se referindo a Cristo como exemplo de uma geração imparável (tema de sua pregação). As palavras foram ditas durante sua ministração, juntamente com sua esposa Paty Barreto, no terceiro dia do Confrajovem, evento da Igreja Batista da Lagoinha.

O casal de pastores ministraram com base na passagem bíblica de Atos 17.6b. Na mensagem, eles destacaram características de uma pessoa imparável. A primeira característica apontada por Lucinho é que essa pessoa nasceu de uma situação adversa.

“O elogio não te melhora, o tempo de paz não te melhora. Para mim uma das maiores loucuras por Jesus que alguém pode viver é num tempo de paz e prosperidade, agir como se estivesse com um tumor no cérebro. É orar como se estivesse com a família acabando, mas está tudo bem. Quase nunca você vê histórias de pessoas relevantes que nasceram do ‘tudo bem’. É sempre de situações adversas”, ressalta.

Receba Estudos no Celular!

A segunda característica apontada por Lucinho é que pessoas imparáveis “não param de sonhar”. Por mais que as circunstâncias estejam difíceis, essas pessoas continuam sonhando. Já a terceira é que pessoas imparáveis desobedecem os padrões predefinidos da sociedade.

“Uma geração imparável não obedece uma cartinha do que é certo ou errado para a sociedade. A sociedade diz: ‘Para casar, primeiro você tem que fazer um teste drive. Tem que ir para a cama com o namorado para ver se vai dar compatibilidade’. E você fala: ‘Não vou fazer assim’. É tudo fora do padrão”, explicou.

“Quarta característica de uma geração imparável: recebe críticas de oposições como confirmação de que estão no caminho certo. É aquela velha frase, ,só se joga pedra em árvore que dá fruto. O problema não é quando te xingam no Facebook. O problema é quando te elogiam. A gente prefere morrer pelo elogio do que morrer com a crítica. Você tem de aguentar. Você sabia que Martin Luther King foi xingado de todos os nomes enquanto estava vivo? Sabia que Billy Graham foi xingado de todos os nomes enquanto estava vivo?”, disse.

Fonte: Guia-me

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/pregacoes/jesus-nao-se-preocupou-com-sua-reputacao-mas-em-cumprir-seu-proposito-diz-pastor-lucinho.html

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: