Cidadania e Política Estudos Bíblicos Estudos da Semana Teologia Sob Medida Últimas Notícias

Expulsão de demônios: verdades e confusões

Expulsão de demônios: verdades e confusões
Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!

Julio Severo

A expulsão de demônios, junto com curas, é uma parte proeminente nos Evangelhos, porque o ministério de Jesus Cristo dava, na proclamação do Evangelho do Reino de Deus, uma parte proeminente para a libertação das pessoas.

No entanto, a proeminência da expulsão de demônios hoje, chamada de “exorcismo” nos filmes populares, principalmente de terror, restringe-se à Igreja Católica, como se apenas padres pudessem lidar com problemas demoníacos, tratados como “fenômenos paranormais.”

Receba Estudos no Celular!

Os padres, dentro e fora do cinema, se deparam com inúmeras dificuldades quando são chamados para ajudar pessoas afetadas por tais “fenômenos.” Mas o mais incrível é que Hollywood insiste em apresentar tais padres como únicos especialistas confiáveis para lidar com a “paranormalidade” — que é demonismo. Joseph Farah, dono do WND (WorldNetDaily), foi o primeiro a notar a exclusividade religiosa que Hollywood dá aos padres na questão de possessão demoníaca.

Hollywood omite a atividade muito bem-sucedida de igrejas evangélicas que ajudam pessoas oprimidas ou até mesmo possessas por demônios.  E nem toca nas muitas demonstrações de Jesus expulsando demônios.

A Bíblia não deixa a menor dúvida de que Jesus levava muito a sério a possessão demoníaca e ele agia com seriedade expulsando demônios — e deu para seus seguidores o mesmo poder e autoridade de ação. A Bíblia diz:

“Quando eles foram embora, algumas pessoas levaram a Jesus um homem que não podia falar porque estava dominado por um demônio. Logo que o demônio foi expulso, o homem começou a falar. Todos ficaram admirados e afirmavam: —Nunca vimos em Israel uma coisa assim!” (Mateus 9:32-33 NTLH)

“Então levaram a Jesus um homem que era cego e mudo porque estava dominado por um demônio. Jesus o curou, e ele começou a ver e a falar” (Mateus 12:22 NTLH)

“Quando eles chegaram perto da multidão, um homem foi até perto de Jesus, ajoelhou-se diante dele e disse: —Senhor, tenha pena do meu filho! Ele é epilético e tem ataques tão fortes, que muitas vezes cai no fogo ou na água. Eu o trouxe para os seus discípulos a fim de que eles o curassem, mas eles não conseguiram. Jesus respondeu: —Gente má e sem fé! Até quando ficarei com vocês? Até quando terei de agüentá-los? Tragam o menino aqui! Então deu uma ordem, o demônio saiu, e no mesmo instante o menino ficou curado.” (Mateus 17:14-18 NTLH)

“Então chegou ali um homem que estava dominado por um espírito mau. O homem gritou: —O que quer de nós, Jesus de Nazaré? Você veio para nos destruir? Sei muito bem quem é você: é o Santo que Deus enviou! Então Jesus ordenou ao espírito mau: —Cale a boca e saia desse homem! Aí o espírito sacudiu o homem com violência e, dando um grito, saiu dele.” (Marcos 1:23-24 NTLH)

“Aquele que crer e for batizado será salvo. Todavia, quem não crer será condenado! E estes sinais acompanharão aos que crerem: em meu Nome expulsarão demônios…” (Marcos 1:23-24 King James Atualizada)

Opressão ou possessão demoníaca é um problema sério, que com o surgimento de psicólogos, psiquiatras e outros pretensos “especialistas de saúde mental” tem sido muito mal-diagnosticado, de modo que os sintomas são tratados muitas vezes como as próprias causas de males que estão nas profundezas do mundo espiritual — um mundo que os pretensos especialistas não enxergam nem entendem.

Hollywood, que é a maior máquina de propaganda da história, traz muito mais confusão ao apresentar apenas duas versões das questões de possessão demoníaca:

* A versão dos padres exorcistas, onde eles são a única solução espiritual e religiosa para pessoas espiritualmente perturbadas.

* A versão de pretensos “especialistas de saúde mental,” onde psicólogos e psiquiatras são a única solução “médica” para pessoas psicologicamente perturbadas.

É estranho que Hollywood escolha exaltar padres católicos como a única referência confiável na questão de libertação espiritual quando na vasta maioria dos outros casos Hollywood prefere retratar padres como pedófilos e tarados.

Eu ainda não vi um filme mostrando um padre exercendo a autoridade do nome de Jesus para expulsar demônios. Os poucos casos que vi de padres fazendo isso, fora de filmes, eram de padres envolvidos na renovação católica carismática — movimento iniciado nos EUA por influência de um pastor assembleiano chamado David Wilkerson.

Por que Hollywood não destaca os padres carismáticos?

Embora muitas igrejas pentecostais e neopentecostais expulsem demônios, um dos exemplos mais equilibrados fornecidos hoje nessa área vem de igrejas luteranas e calvinistas renovadas. John Wimber, que era calvinista, chegou a escrever um manual de cura, intitulado “Power Healing,” que incluía instruções de como expulsar demônios.

Antes de ter esse manual, eu suava a camisa para expulsar demônios. Depois, parecia que os demônios estavam na palma da minha mão de tão fácil que foi lidar com eles fazendo uso simples do nome de Jesus. Bem diferente do que mostram os padres cinematográficos que parecem quase iguais aos fenômenos paranormais. Bem diferente também da Igreja Universal e outras igrejas neopentecostais radicais e descontroladas. Bem diferente também de psicólogos, psiquiatras e outros pretensos “especialistas de saúde mental” que complicam ainda mais casos que já são complicados.

O foco de Jesus era libertar as pessoas da opressão e possessão demoníaca.

O foco de Hollywood é desviar as pessoas do foco original de Jesus.

O foco de psicólogos, psiquiatras e outros pretensos “especialistas de saúde mental” é desviar as pessoas do foco original de Jesus.

Nosso foco hoje deve ser resgatar o foco de Jesus.

Esqueça tudo o que Hollywood lhe ensina como se somente padres ou psicólogos pudessem lidar com demônios.

Se Jesus deu tanto enfoque para libertar as pessoas da opressão e possessão demoníaca dentro da proclamação do Evangelho, precisamos devolver esse enfoque à nossa proclamação do Evangelho.

Fonte: Julio Severo

Postagem Original: http://juliosevero.blogspot.com.br/2018/04/expulsao-de-demonios-verdades-e.html

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: