Estudos Bíblicos Estudos da Semana Teologia Sob Medida

5 Versículos sobre “Quem muito fala muito erra” (o 3º é costumeiro)

5 Versículos sobre “Quem muito fala muito erra” (o 3º é costumeiro)
Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Existem pessoas que só faltam levantar um troféu dizendo: “ah eu adoro falar”, mas será que isto é realmente bom?

Faça Sua Parte - Compartilhe!

Este versículo descreve exatamente o ditado “quem muito fala muito erra”. Veja: “Na multidão de palavras não falta pecado, mas aquele que refreia os seus lábios é sábio.” (Provérbios 10:19 KJF)

Não tenho dúvidas de que você já ouviu o ditado “quem muito fala muito erra”, estou certo?! A Bíblia Sagrada é cheia de versículos que demonstram que só o tolo fala demais, mas quem é sábio modera seus lábios!

Da mesma forma, e geralmente, quem muito fala pouco faz, não é mesmo?!

Receba Estudos no Celular!

Por isso, neste breve “estudo sobre a língua do crente“, quero trazer 5 Coisas que fazem todo crente (ou qualquer pessoa) pecar no que falam (na igreja ou na vida cotidiana), além de alguns versículos sobre falar demais.

#1 Fazer comentários dos erros dos outros vai te fazer errar feio! 🙄

Aquele que encobre a transgressão busca o amor, mas aquele que repete um assunto separa os muitos amigos. (Provérbios 17: 9 KJF)

A princípio este provérbio pode parecer um pouco complicado, pois sinônimos de encobrir são ocultar, calar, omitir; e transgressão significa desobedecer alguma lei.

Então como pode a Bíblia aconselhar alguém a encobrir, omitir o crime do outro?

Se lermos superficialmente poderemos cair em confusão, mas ao ler a parte b do versículo veremos que estamos falando de um relacionamento entre pessoas, e não de crimes contra a lei.

É certo que todos nós estamos sujeitos a cometer erros, mas quando alguém nos pede perdão, se jogarmos na cara o erro dessa pessoa e ficarmos relembrando o que ela fez, então iremos criar um muro de separação nessa amizade.

Não são poucas as pessoas que vivem jogando na cara o erro dos outros, não é mesmo?! Em vez de buscar o perdão e a amizade, preferem alimentar o ressentimento e ficar reabrindo a ferida e acentuando sua dor, vitimizando-se.

Em vez de tomar tais atitudes, deveríamos ser imitadores do nosso Deus que, quando um pecador se arrepende, nem quer saber dos erros que cometeu, mas comemora com alegria o seu pedido de perdão (Hb 8: 12).

Veja como exemplo o pai da parábola do filho pródigo (que representa Deus), que recebeu seu filho de braços abertos, e mal esperou ele terminar de dizer suas desculpas (Lc 15: 13-24Ef 5:1Mc 11: 25-26).

E como estamos falando neste estudo sobre quem muito fala muito erra, logo aquele que fica repetindo para outras pessoas o erro que alguém cometeu, difamando tal pessoa publicamente, está separando não só uma amizade de si, mas também dos outros.

A igreja, o corpo de Cristo, é um lugar de restauração, não é um lugar de quem muito fala muito erra, não é lugar de ficar relembrando os pecados de uma pessoa e os tornando conhecidos diante dos outros, fazendo fofocas.

Estas seis coisas o Senhor odeia; sim, sete são abominações para ele: […] a testemunha falsa que fala mentiras, e aquele que semeia discórdia entre irmãos.
(Provérbios 6: 16, 19 KJF)

#2 Quem muito fala muito erra quando fala demais para ficar se exibindo, mostrando “sabedoria”.

Quem é o homem sábio e dotado de conhecimento entre vós?
Que mostre pelo seu bom comportamento as suas obras com a mansidão da sabedoria.
Mas, se tendes uma amarga inveja, e contenda em vossos corações, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.
Esta sabedoria não desce do alto, mas é terrena, sensual e diabólica.
Porque onde há inveja e contenda, aí há confusão e toda a obra do mal. (Tiago 3:13-16 KJF)

Quando Tiago escreveu sua carta, obviamente estava escrevendo para crentes (Tg 1:1), e ele teve que censurar alguns crentes que infelizmente estavam julgando-se sábios, mas sua suposta sabedoria era fruto de um sentimento de inveja no coração, que causava contendas, discussões e disputas dentre os irmãos.

Tiago descreve essa sabedoria como diabólica, tais sentimentos não provém da sabedoria do alto, que vem de Deus! (Tg 3:17)

Tem muitas pessoas que gostam de falar bastante para sua auto exibição, para provocar o outro ou para causar inveja em alguém, quando inserida neste contexto, quem muito fala muito erra também!

São pregadores que tiveram algum desentendimento com outros irmãos em Cristo e, quando vão pregar, ficam jogando indiretas e desabafos, buscando passagens bíblicas para condenar a atitude dos outros e justificar-se.

A pessoa que faz isso diante da igreja certamente está inserida na lista de quem muito fala muito erra, pois nosso Senhor não nos ensinou a corrigirmos uns aos outros assim (Mt 18: 15-17).

#3 Uma hora fala mal de certas pessoas e as deseja mal (amaldiçoa), mas fala bem de outras pessoas e deseja bem pra elas.

Quem muito fala muito erra quando usa sua língua para amaldiçoar alguém, desejando-lhe mal, ou quando faz fofocas dessa pessoa!

Leia estes versículos abaixo com toda atenção; espero que nenhum de nós estejamos inseridos nesta situação…

mas a língua nenhum homem pode domar. É um mal indisciplinado, cheio de veneno mortal.
Com ela bendizemos a Deus, e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, que foram feitos à semelhança de Deus.
De uma mesma boca procedem bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que estas coisas sejam assim.

Porventura de alguma fonte, de um mesmo local, jorram água doce e água amarga?
Pode a figueira, meus irmãos, produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.
(Tiago 3: 8-12 KJF)

#4 Quem muito fala muito erra quando fica jurando, ou fazendo os outros jurarem.

A Bíblia fala muitas coisas sobre os juramentos, e, mesmo tendo recebido um ensinamento completo de nosso Senhor Jesus Cristo sobre o assunto, ainda tem muitas pessoas hoje em dia que ficam cobrando-se cruelmente e carregam um baita peso na consciência, por causa de juramentos (votos) que fizeram e não foram cumpridos.

Nosso próprio Senhor disse que precisamos ser pessoas de palavra firme, se dissermos “sim”, é sim e ponto final, da mesma forma se dissermos “não”, é não, e não há necessidade de jurarmos nada a ninguém, além do mais, o que passar disso é de procedência maligna! (Mt 5: 33-37)

Por isso, quem muito fala muito erra quando fala pra alguém “eu juro que vou fazer isso”“eu juro pra você que é verdade”“juro pela vida de fulano…”“juro diante de Deus”, etc.

Obviamente, é mais fácil acreditar numa pessoa de caráter íntegro e sincero, como diz outro ditado, as atitudes falam mais do que palavras.

Mas, sobretudo, meus irmãos, não jureis, nem pelo céu, nem pela terra, nem façais qualquer outro juramento;
mas que o vosso sim seja sim, e o vosso não, não; para que não caiais em condenação.
(Tiago 5: 12 KJF)

#5 Quem muito fala muito erra quando fica proclamando para Deus palavras da boca pra fora, demonstrando hipocrisia, prometendo o que não vai cumprir.

Você quer ser uma pessoa realmente sábia? Quer ficar fora das estatísticas de quem muito fala muito erra?

Então…

Guarda o teu pé, quando entrares na casa de Deus;
e esteja mais pronto a ouvir do que a oferecer o sacrifício de tolos, porque eles não sabem que fazem mal.

Não te precipites com a tua boca, nem o teu coração se apresse a pronunciar qualquer coisa diante de Deus;
porque Deus está no céu, e tu estás sobre a terra; portanto, que sejam poucas as tuas palavras.
(Eclesiastes 5: 1-2 KJF)

O Senhor Jesus contou uma história de um certo homem que ficou se gabando de ser crente de verdade, orgulhando-se de suas atitudes corretas; enquanto que outro simplesmente reconheceu que era um pecador, e disse poucas palavras diante de Deus, e sabe o que aconteceu?

E ele [Jesus] falou esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, que eles eram justos, e desprezavam os outros:

Dois homens subiram ao templo para orar; um fariseu, e o outro publicano.
O fariseu, posto em pé, assim orava consigo mesmo: Ó Deus, eu te agradeço, porque não sou como os outros homens, extorsionários, injustos e adúlteros; nem como este publicano.
Eu jejuo duas vezes na semana, dou os dízimos de tudo quanto eu possuo.

E o publicano, estando em pé de longe, não queria levantar seus olhos ao céu, mas batia sobre o seu peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!

Eu vos digo que este desceu justificado para sua casa, em vez do outro; porque todo o que a si mesmo se exaltar será humilhado, e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.
(Lucas 18: 9-14 KJF)

Não estejamos nós na lista de pessoas que honram a Deus com seus lábios, mas cujo coração está longe dele! (Mt 15:8)

Qual é a solução para quem muito fala muito erra?

A solução seria muito simples, pois quem é que gosta de ficar atraindo problemas para si? Você gosta?

Quem guarda a sua boca e a sua língua, guarda sua alma de problemas. (Provérbios 21: 23 KJF)

Primeiro de tudo, e obviamente, se você cometeu erros com seus lábios, com suas palavras e comentários, se ofendeu a Deus ou se prejudicou alguém, você precisa reconhecer que pecou e pedir perdão a Deus e, se necessário, a quem você magoou (Mt 5: 22-24Tg 5:16)

Depois de reconhecer seus erros, chegou o momento de limpar sua mente e seu coração contra essas coisas más e assim retirar de si seus maus hábitos.

“O que sai da boca do homem é o que o contamina, pois o que sai da boca procede do coração”, e como todos sabemos, “a boca fala do que o coração está cheio!” (Mt 12: 3415: 17-19).

Se o teu coração estiver cheio de coisas más, obviamente terá o costume de falar coisas ruins também como fofocas, comentários depreciativos e negativos, contendas, etc. (Reflita em 1 Coríntios 3:1-3)

Por isso, é importante você começar a trabalhar em limpar seu coração contra essas malignidades e mudar seus hábitos.

Para limpar o seu coração exercite o que está escrito em Tiago 1:21.

Para mudar seus hábitos, leia e pratique constantemente Filipenses 4: 8.

Se conseguir preencher seu coração com a Palavra de Deus, você vai se limpar dos maus pensamentos, não terá mais imaginação para eles, e automaticamente se tornará uma pessoa melhor.

Ora, vós já estais limpos pela palavra que eu vos tenho falado.
(João 15: 2 KJF)

A palavra de Deus é o que limpa o coração, quando rejeitamos todo o mal e abrimos o coração para recebê-la, pedindo que Deus entre no nosso coração para mudá-lo, então nos tornaremos pessoas mais puras e melhores.

Fonte: Bíblia Ensina

Postagem Original: https://bibliaseensina.com.br/quem-muito-fala-muito-erra-versiculo/

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: