Cidadania e Política Igreja Perseguida Últimas Notícias

“Para eles, o cristianismo é um vírus”, diz missionário que foi preso na Coreia do Norte

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Kenneth Bae ficou preso na Coreia do Norte de 2012 a 2014 por supostamente agir contra o governo.

Faça Sua Parte - Compartilhe!

O pastor e missionário Kenneth Bae, fundador da Nehemiah Global Initiative (NGI) esteve no Brasil ministrando em igrejas e concedeu uma entrevista ao programa Mente Aberta, onde falou sobre seu período na preso na Coreia do Norte.

“Eu estive preso na Coreia do Norte de 2012 a 2014. Foi há quatro anos. Eu estava indo a Coreia do Norte para trazer intercessores para orar quando eles me prenderam. Eles me acusaram de estar fazendo ações contra o governo e então disseram que através da oração e da adoração eu estava fazendo algo contra o país”, pontuou.

“Eles falaram que eu trouxe mais de 300 intercessores ou pessoas de diferentes nações para estar ali orando pelo país”, explicou o missionário.

Receba Estudos no Celular!

Kenneth Bae ainda afirma que os norte coreanos só acreditam em uma religião e eles reverenciam seus líderes que tratam os cristãos como se fossem um Deus de outra nação. “Eles acreditam que se uma pessoa se tornar cristã e se de repente essa pessoa norte-coreana volta para lá e cria um orfanato, ela pode tornar as crianças cristãs também”, explica.

“E então a gente pode fazer com que essa criança se torne cristã, eles falam que isso seria um problema e que o cristianismo é um vírus que se espalha. Isso vai levar as pessoas a perder a fé no governo e aí a Coreia se tornaria um país cristão. Por isso que falaram que eu estava traindo o governo e eles falaram que não poderiam tolerar atitudes como a minha, de levar pessoas ao país para falar sobre religião”, ressaltou.

“Eu cometi um erro sério, porque eu levei para dentro do país um HD de computador na bolsa e dentro desse HD tinha documentos que apresentava algumas coisas que era contra o governo. Eles não gostaram do material, do conteúdo”, colocou.

“Eles viram um vídeo que mostrava crianças pegando semente para comer do chão. Eles acreditam que esse tipo de propaganda é contra o governo porque na verdade a Coreia do Norte passa ideia como se fosse um paraíso na face da terra. Então eles se sentiram muito ofendidos quando viram esse material”, explicou.

Fonte: Guia-me

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/para-eles-o-cristianismo-e-um-virus-diz-missionario-que-foi-preso-na-coreia-do-norte.html

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: