Cidadania e Política Igreja Perseguida Últimas Notícias

“Minha prisão só irá espalhar o Evangelho”, diz cristão perseguido às autoridades no Irã

"Minha prisão só irá espalhar o Evangelho", diz cristão perseguido às autoridades no Irã
Hotel em Promoção - Caraguatatuba

O iraniano Naser Navard Gol-Tapeh foi condenado a 10 anos de prisão, acusado de praticar “atividades missionárias”.

Faça Sua Parte - Compartilhe!

iraniano convertido ao cristianismo, Naser Navard Gol-Tapeh, foi condenado a 10 anos de prisão por “atividades missionárias”, mas tem sido visto como um exemplo de fé, determinação e coragem, por não deixar de declarar o nome de Jesus diante da forte pressão psicológica das autoridades.

Ele escreveu uma carta aberta às autoridades iranianas, perguntando como suas atividades evangelísticas poderiam ser julgadas como uma “ameaça” ao Estado. Ele está cumprindo pena desde janeiro na Prisão de Evin, conhecida como a “fábrica de tortura” do Irã.

“Seria possível para um cristão comprometido — que nasceu e foi criado no Irã e cujos antepassados ​​viveram nesta terra por milhares de anos, e que é um servo do Deus que o chamou para um ministério de reconciliação — agir contra a segurança nacional de seu próprio país?”, questionou Naser, que completou 57 anos em agosto. “A comunhão de alguns irmãos cristãos na casa de alguém, cantando canções de adoração, lendo a Bíblia e adorando a Deus, seria agir contra a segurança nacional?”

Receba Estudos no Celular!

Naser foi preso pela primeira vez em junho de 2016, junto com três azerbaijaneses, após uma invasão das autoridades a uma festa de casamento. Os quatro homens foram condenados um ano depois, mas os azerbaijaneses não foram forçados a voltar ao Irã para cumprir suas sentenças.

A decisão no caso de Naser foi baseada em evidências fornecidas pelo Ministério da Inteligência. No entanto, os documentos que contêm as provas não foram liberados ao advogado do réu para verificação, nem foram apresentados durante o julgamento, de acordo com a agência ‘Mohabat News’.

Ele perdeu sua apelação contra sua sentença em novembro de 2017 e foi transferido para a prisão de Evin em janeiro.


Naser Navard está cumprindo pena de 10 anos, na prisão de Evin, no Irã. (Foto: World Watch Monitor)

Prisioneiro por Jesus

Naser está entre os pelo menos 15 cristãos que atualmente padecem na prisão de Evin. Em abril, o grupo de defesa dos Direitos Humanos ‘Article 18’ relatou que ele pode perder todos os dentes se não passar por tratamento odontológico urgente. Suas diversas solicitações de acesso ao tratamento foram negadas.

“Não é uma clara violação dos direitos civis e humanos, e uma injustiça absoluta receber uma sentença de 10 anos apenas por organizar ‘igrejas domésticas’, que são um santuário santificado como um lugar para louvar e adorar a Deus, devido ao fechamento de igrejas no Irã?”, destacou Naser em sua carta às autoridades.

“Mas eu louvo a Deus, porque Ele transformou todas as coisas em uma bênção. Porque agora está claro para todos, incluindo as autoridades da prisão, juízes, advogados e meus companheiros de prisão, que estou na prisão por causa da minha fé em Jesus Cristo. [Minha prisão] só servirá para espalhar ainda mais o Evangelho”, acrescentou.

Naser ainda tratou de declarar bênçãos sobre aqueles que o perseguem neste momento e ainda tem esperança que um dia eles encontrem a verdade que liberta.

“Portanto, antes de mais nada, abençoo aqueles que me perseguiram e me puseram na cadeia, e espero que um dia a verdade da Palavra de Deus, que é capaz de edificar a todos, os salve. Em segundo lugar, agradeço a Deus em perfeita alegria e paz por considerar-me digno de estar aqui por causa da minha fé e testemunho de Jesus Cristo. […] Ele pode me preservar e me manter firme”, afirmou.

Naser também agradeceu a todos que têm orado por ele e assegurou a importância desta intercessão por sua vida.

“Agradeço sinceramente a todos os meus irmãos e irmãs em Cristo que me dão graça, ajudando-me e oferecendo orações, que são como uma agradável fragrância para Deus. Eu me lembro continuamente deles em minhas orações. Eu sei que por causa de suas orações e da ajuda e orientação do Espírito Santo eu serei entregue e não serei envergonhado”, finalizou.

Fonte: Guia-me

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/minha-prisao-so-ira-espalhar-o-evangelho-diz-cristao-perseguido-autoridades-no-ira.html

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: