Fim dos Tempos Apocalipse Heresias / Modismo Islamismo Últimas Notícias

Igreja divide templo com muçulmanos, visando “inclusão”

Igreja divide templo com muçulmanos, visando “inclusão”
Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Pastor participa das rezas islâmicas

Faça Sua Parte - Compartilhe!

Uma mesquita dentro de uma igreja, a ideia poderia parecer estranha em qualquer parte do mundo onde o Islã é religião majoritária. Afinal, como mostra a história, o procedimento nesses casos era derrubar a igreja ou transformá-la em um templo islâmico.

No entanto, em Leamington, Canadá esta combinação se tornou realidade desde maio. A pequena cidade na província de Ontário tem na Igreja Anglicana São João Evangelista uma divisão de espaços.

“Nós tentamos mostrar à comunidade em Leamington, e em todo Ontário, que muçulmanos e cristãos estão de mãos dadas”, afirmou Taha Halabi, que frequenta o local toda semana. Ele e muitos outros fazem regularmente suas orações dentro da igreja evangélica, que uma vez por semana, se transforma em mesquita.

Receba Estudos no Celular!

O acordo negociado entre as duas comunidades religiosas seria uma maneira de “integrar” os refugiados sírios que começaram a se mudar para a cidade nos últimos anos. No final do ano passado, o pastor Andrew Wilson convidou os novos moradores para seu piquenique anual.

Após conheceram o salão comunitário, que regularmente é alugado para eventos diversos, os islâmicos perguntaram se não poderiam usar o espaço para se reunirem, uma vez que não tinham dinheiro para construir uma mesquita e o local que usavam tinha ficado pequeno para abrigar todos os refugiados, que continuavam chegando.

No mês do Ramadã, que começou no final de maio, cerca de uma centena de muçulmanos faziam suas rezas diárias na igreja e ali celebravam a quebra do jejum diário, ao anoitecer. Com isso, formalizou-se uma ‘mesquita dentro da igreja’ que em média reúne 40 pessoas todas as sextas-feiras, dia sagrado no Islã.

Muhammad Asghar é um deles. Ele conta que, para a surpresa de todos, ajoelhado no chão, ao lado dos muçulmanos o pastor Wilson muitas vezes os acompanha. “Para minha surpresa, ele veio e juntou-se a nós em oração”, disse Asghar.

Najam Jutt, um dos líderes da “mesquita de Leamington”, diz que já ouviu falar de outras igrejas canadenses que estão cedendo seus templos para muçulmanos “em um esforço para ajudar uns aos outros”.

“Nós adoramos a ideia”, disse, “pois todos trabalhamos juntos por uma causa comum”.

Paroquianos na igreja anglicana receberam seus novos inquilinos.

A senhora Charlotte McDonald, um dos membros mais antigos da igreja, diz esperar que os muçulmanos também venham participar dos cultos da igreja aos domingos.

Para ela, o que estão fazendo é um exemplo para as pessoas da região. “Não iremos ter paz neste mundo até que possamos viver juntos uns com os outros em uma comunidade”, disse ela. “Estamos juntos, irmãos e irmãs desta Terra, independentemente da religião, do credo, da cor, não importa”, finaliza. Com informações CBC

Fonte: gospelprime

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba