Cidadania e Política Família Homossexualismo Últimas Notícias

Manual ensina ideologia de gênero no jardim de infância e poligamia aos jovens, nos EUA

Manual ensina ideologia de gênero no jardim de infância e poligamia aos jovens, nos EUA
Hotel em Promoção - Caraguatatuba

As novas diretrizes propostas pelo Departamento de Educação da Califórnia orientam professores sobre como doutrinar crianças e jovens nas escolas.

Faça Sua Parte - Compartilhe!

Alunos do ensino fundamental da Califórnia podem em breve ser alvo de doutrinação da ideologia de gênero se novas diretrizes de saúde forem aprovadas.

As diretrizes, listadas na Estrutura de Educação em Saúde proposta pelo Departamento de Educação da Califórnia, incluem recursos educacionais que ensinam as crianças a rejeitarem os “estereótipos de gênero” e adotarem um arco-íris de possíveis opções de gênero. Um livro recomendado chamado “Quem é você?” Ensina que há pelo menos 15 gêneros e que é impossível determinar se um bebê é um menino, uma menina ou qualquer outra coisa.

“Os bebês não podem falar, então os adultos fazem uma suposição ao olhar para seus corpos”, diz um trecho.

Receba Estudos no Celular!

Um capítulo das diretrizes propostas oferece sugestões sobre como explicar a sexualidade aos alunos do jardim de infância.

“Discuta o gênero com os alunos do jardim de infância explorando os estereótipos de gênero e fazendo perguntas abertas, como quais são as cores preferidas, brinquedos e atividades para meninos / meninas, e depois desafiando estereótipos se apresentados”, diz o capítulo três. “Durante essa discussão, mostre imagens de crianças da mesma idade que não estão em conformidade com os estereótipos típicos de gênero. Exemplos não precisam ser exagerados ou abertos. Diferenças simples, como cores ou preferências de brinquedo, podem demonstrar aceitação de não-conformidade de gênero”.

E os pais que preferem que seus filhos não sejam expostos à ideologia de gênero? Infelizmente, não haveria opção de exclusão nessas novas diretrizes.

Brenda Lebsack, escritora da EdSource.org, chamou a atenção para as diretrizes propostas em dezembro. Lebsack, que é educadora pública há 20 anos, também é integrante do conselho de educação do Distrito Escolar Unificado Orange, em Orange County.

“Como poucas pessoas vão ler o rascunho de quase mil páginas, que infelizmente só está disponível em inglês, estou compartilhando abaixo alguns exemplos que pais e educadores podem estar especialmente interessados”, escreveu ela. “Como o Departamento de Educação da Califórnia está convidando o público a comentar sobre o projeto, peço a todos os residentes da Califórnia que revisem a estrutura e forneçam comentários”.

Poliafetividade

Lebsack destaca vários capítulos problemáticos nas novas diretrizes. O capítulo cinco, por exemplo, inclui essa dica para discutir sexualidade com alunos do sétimo e oitavo anos:

“Alguns alunos podem não ser monogâmicos e o termo ‘parceiro (s)’ pode ser usado para ser mais inclusivo”, diz o texto.

O chamado “poliamor” ou “poliafetividade”, que se define como “a prática de, desejo de, ou orientação para ter relações consensuais não monogâmicas (ou seja, relacionamentos que podem incluir múltiplos parceiros)” e a “polifidelidade (que envolve mais de duas pessoas em relacionamentos românticos e / ou sexuais que não estão aberto a parceiros adicionais), entre muitas outras configurações” são discutidas como apenas duas das muitas opções aceitáveis ​​para os jovens.

Lebsack observa que muitos dos termos descritos nos recursos do Ensino Médio não são familiares aos pais, acrescentando que “muitos deles não estão no dicionário de inglês”. Apesar disso, os pais não poderão escolher se querem ou não as crianças recebam esses ensinamentos questionáveis.

“Embora os pais acreditem que podem recusar essa instrução, como podem com a educação em saúde sexual e prevenção do HIV, isso simplesmente não é verdade”, ela escreve.

“A instrução sobre gênero ou orientação sexual que é implementada por meio da adoção da estrutura está isenta da notificação dos pais e dos requisitos de exclusão (Código de Educação da Califórnia 51932b). Segundo a Coalizão ‘The California Safe School’, a lei estadual estabelece que “instruções ou materiais que discutam gênero, orientação sexual ou vida familiar e não discutam órgãos reprodutivos humanos e suas funções não estão sujeitas às leis de notificação e de exclusão dos pais”, acrescenta.

Lebsack observou que, se aprovadas, as diretrizes poderiam ser “desastrosas” para distritos escolares como o de Orange, que já está “enfrentando declínio de matrículas e demissões de professores”. Ela observou a possibilidade real de os pais removerem seus filhos do sistema escolar público “. até mesmo sair do estado. ”

O Conselho Estadual de Educação votará as diretrizes de 2019 em maio.

Fonte: Guiame.com.br

Postagem Original: https://guiame.com.br/gospel/noticias/manual-ensina-ideologia-de-genero-no-jardim-de-infancia-e-poligamia-aos-jovens-nos-eua.html

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: