Estudos Bíblicos Estudos da Semana Últimas Notícias

Primeiro eclipse registrado foi mencionado na Bíblia, afirma cientistas

Primeiro eclipse registrado foi mencionado na Bíblia, afirma cientistas

Estudos revelam que 30 de outubro de 1207 a.C. é a data registrada no livro de Josué

Faça Sua Parte - Compartilhe!

Pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, publicaram os resultados de uma pesquisa inédita na revista científica Astronomy & Geophysics. Eles admitem que data do primeiro eclipse solar documentado – 30 de outubro de 1207 a.C. – foi mencionada na Bíblia.

A confirmação do relato do livro de Josué pode ser usada para estabelecer uma melhor cronologia dos eventos do mundo antigo. Utilizando textos bíblicos e registros históricos do antigo Egito eles apontam que o eclipse ocorreu no período do governo de Ramsés II, o Grande.

“No dia em que o Senhor entregou os amorreus aos israelitas, Josué exclamou ao Senhor, na presença de Israel: ‘Sol, pare sobre Gibeom! E você, ó Lua, sobre o vale de Aijalom!’”. “O sol parou, e a lua se deteve, até a nação vingar-se dos seus inimigos”, diz o texto de Josué 10:12.

Receba Estudos no Celular!

Para Colin Humphreys, um dos professores da Universidade de Cambridge envolvidos na pesquisa, “Se essas palavras descrevem uma observação real, teve lugar um evento astronômico muito importante. O nosso objetivo é entender o que esse texto significa”.

As traduções modernas indicam que o Sol e a Lua pararam seu movimento. Contudo, explica Humphreys, originalmente podem ter outro significado: o Sol e a Lua pararam de brilhar, ou seja. Ou seja, ocorreu um eclipse solar.

“Neste contexto, as palavras hebraicas podem estar se referindo a um eclipse solar, quando a lua passa entre a Terra e o Sol, e o sol parece deixar de brilhar. Essa interpretação é apoiada pelo fato de que a palavra hebraica usada aqui tem a mesma raiz que uma palavra babilônica usada em textos astronômicos antigos para descrever eclipses”, defende o cientista.

Segundo historiadores, a entrada dos hebreus em Canaã ocorreu entre 1500 e 1050 a.C., provavelmente durante o governo do faraó Merneptá, filho de Ramsés II. Os cálculos dos cientistas apontam que o eclipse solar em Canaã, registrado por Josué, ocorreu em 30 de outubro de 1207 a.C.

Este seria, portanto, o primeiro eclipse solar documentado. Com base nesse dado, pode ser estabelecido o período exato do reinado de Ramsés II, o Grande, e do seu filho Merneptá.

Segundo a pesquisa da Universidade de Cambridge, os historiadores falavam sobre essa possibilidade de sobrepor a narrativa bíblica com os registros históricos, mas falharam por terem procurado apenas eclipses totais.

Humphreys esclarece que a pesquisa feita por ele e seus colegas desenvolveram um novo tipo de cálculo, que leva em consideração variações na rotação da Terra ao longo do tempo. “O que os historiadores anteriores não consideraram era que seria um eclipse anular, no qual a Lua passa diretamente em frente ao sol, mas não cobre completamente o disco solar, criando à aparência característica do “aro de fogo”. No mundo antigo, a mesma palavra era usada para eclipses totais e anulares”, explica.

Cálculos semelhantes

Em janeiro, três cientistas da Universidade Ben Gurion em Beer Sheva usaram cálculos da NASA para mostrar 30 de outubro de 1207 a. C. como a data da batalha descrita no capítulo 10 do Livro de Josué.

No original, o termo ‘detém’ é “dowm”.  Eles afirmam que o uso dessa palavra, que ocorreria apenas uma outra vez na Bíblia (Salmos 37:7) com esse sentido, não seria “ficar parado”, como é tradicionalmente traduzido, mas seria “ficar escuro.”

A equipe multidisciplinar, liderada pelo Dr. Hezi Yitzhak, também conseguiu identificar o que eles acreditam ser o local da batalha. Além disso, traçaram com precisão a rota de 30 quilômetros que Josué e os seus homens teriam caminhado durante a noite para alcançar Gibeom, ao norte de Jerusalém, e seu acampamento em Gilgal, na porção oriental de Jericó. Com informações de Christian Post

Fonte: Gospel Prime

Divulgação: Eis-me Aqui!

Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: