Estudos Bíblicos Teologia Sob Medida

O coração alegre aformoseia o rosto

Muitas vezes temos de entregar nossos sonhos, planos e sorrisos ao Senhor, para encontrarmos a nossa verdadeira alegria – que está nEle.

Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!

Um sorriso é a expressão mais transparente da felicidade. A cada gargalhada mostramos ao mundo que estamos satisfeitos, independente das circunstâncias. Cientistas mostram que as pessoas que sorriem mais são aquelas que vivem mais. A Bíblia não pode ser mais assertiva quando diz que “o coração alegre aformoseia o rosto”.

Contudo, nem sempre é fácil sorrir, pois a vida é difícil, árdua, penosa e não nos proporciona muitos motivos para nos alegrarmos. As intempéries sentimentais, financeiras, profissionais, familiares, espirituais e muitas outras são capazes de roubar nossos sorrisos.

Sabemos que não existe fórmula mágica para alegria, mas existe uma maneira de não ser aprisionado por tais situações adversas. A única forma de permanecermos fortes e emocionalmente estáveis é nos firmando na Palavra de Deus e confiando n’Ele. “Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre” [Salmos 125:1].

Receba Estudos no Celular!

A Bíblia conta histórias de homens que passaram por grandes tribulações, mas que não perderam a fé e a confiança no Senhor. Algumas nos ensinam a manter o coração alegre e os olhos fitados no Senhor em meio às lutas.

Abraão: o pai da fé

Abraão, que foi constantemente citado pelo apóstolo Paulo e destacado na galeria dos heróis da fé em Hebreus 11, foi um homem que viveu uma dura jornada, trilhada na fé em Deus. Ele foi levado de sua terra natal até um lugar desconhecido, o qual lhe foi prometido como herança.

Enfrentou lutas no Egito, quando sua mulher foi cobiçada pelo rei, possuía entraves com os servos do rei e ainda tinha um parente difícil para lidar – Ló lhe dava muitas dores de cabeça.
Mesmo assim, Abraão passou pelas tribulações mantendo a confiança em Deus. A esperança na promessa ajuda a manter o sorriso no rosto.

No capítulo 15 de Gênesis, Abraão recebe uma visão na qual Deus lhe promete um filho, um herdeiro. Apesar da idade avançada e de sua esposa não possuir vigor físico, ele “creu no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça” [Gênesis 15:6]. No capítulo 18, lemos que ele recebe a visita do Senhor, que lhe promete um filho no ano seguinte. O nascimento do menino é relatado no capítulo 21 de Gênesis.

“E o SENHOR visitou a Sara, como tinha dito; e fez o SENHOR a Sara como tinha prometido. E concebeu Sara, e deu a Abraão um filho na sua velhice, ao tempo determinado, que Deus lhe tinha falado. E Abraão pôs no filho que lhe nascera, que Sara lhe dera, o nome de Isaque” [Gênesis 21:1-3]. O menino nasceu e foi chamado de Isaque, que significa “sorriso”. Afinal, Deus deu a Abraão um motivo para sorrir.

Fé e perseverança são resultados de uma crença sólida em Deus

Isaque cresceu e deu muitas alegrias à sua família. No entanto, Deus decidiu provar a fé e a confiança de Abraão requisitando um sacrifício. No capítulo  22 de Gênesis, Deus pede a Abraão que sacrifique seu único filho. Acredito que por conhecer a Deus, Abraão temeu pela vida de seu filho, mas confiou que o Soberano faria o melhor para ambos.

Afinal, Abraão já havia andando com o Senhor há tanto tempo que conhecia sua fidelidade, pensamentos, planos, poder, amor, graça e senso de justiça. Em um ato máximo de fé, ele disse: “Então falou Isaque a Abraão seu pai, e disse: Meu pai! E ele disse: Eis-me aqui, meu filho! E ele disse: Eis aqui o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto? E disse Abraão: Deus proverá para si o cordeiro para o holocausto, meu filho. Assim caminharam ambos juntos” [Gênesis 22:7-8].

Chegando ao local indicado pelo Senhor, o anjo advertiu Abraão.

“Mas o anjo do SENHOR lhe bradou desde os céus, e disse: Abraão, Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único filho. ” [Gênesis 22:11-12].

Conclusão

A fé de Abraão lhe foi creditada como justiça e também lhe proporcionou um grande sorriso. Esse grande homem de Deus aprendeu que, muitas vezes, devemos entregar aquilo que temos de mais precioso ao Senhor, não porque Ele deseja nos ver tristes, mas para que saibamos que Deus é o verdadeiro motivo da nossa felicidade, pois é n’Ele que temos a verdadeira alegria.

Muitas vezes temos de entregar nossos sonhos, planos e sorrisos ao Senhor, para encontrarmos a nossa verdadeira alegria – que está nEle. Quando percebermos isso, estaremos, então, aptos para viver os sonhos que Ele preparou para nós.

“Deleita-te também no SENHOR e ele concederá os desejos do teu coração” [Salmos 37:4].

Fonte: www.eismeaqui.com.br

Postagem Original:

Divulgação: Eis-me Aqui!

Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Right Menu Icon
%d blogueiros gostam disto: