Cidadania e Política Últimas Notícias

Marvel Comics anuncia seu primeiro super-herói drag queen

Marvel Comics anuncia seu primeiro super-herói drag queen
Hotel em Promoção - Caraguatatuba
Faça Sua Parte - Compartilhe!

Charlene Aaron

Na edição mais recente de sua série de revistas em quadrinhos Iceman, a Marvel Comics apresenta um novo super-herói chamado Shade.

Shade é uma drag queen super-heroína mutante, a primeira drag queen de uma série da Marvel.

Receba Estudos no Celular!

De acordo com Mashable, Shade “possui poderes de teletransporte”, e “pode criar e entrar numa dimensão minúscula dentro de seu ventilador portátil dobrável.”

Shade será incluído na edição mais recente da série Iceman, escrita por um homem assumidamente gay chamado Sina Grace.

O personagem principal da série de quadrinhos Iceman é chamado Bobby Drake, que é gay.

“Eu realmente queria que essa série levasse os leitores a novas e melhores estórias sobre toda a experiência gay e como se aplica a ser um mutante e um super-herói,” disse Grace em uma recente entrevista à revista homossexual The Advocate. “Há um milhão de diferentes perspectivas queer e estamos apenas arranhando a superfície.”

Esta não é a primeira vez que um super-herói drag queen é apresentado como personagem de desenho animado.

No verão passado, a Netflix estreou um desenho animado de super-heróis com tema LGBTQ com travestis chamado “Super Drags.”

O desenho de TV acompanha os super-heróis drag queen enquanto eles levam sua vida dupla trabalhando em uma loja de departamentos de dia antes de se transformarem em “super drags” à noite.

Enquanto isso, mais de uma dúzia de ex-transgêneros estão lançando luz sobre como é realmente mudar seu gênero e por que isso não funciona.

Walt Heyer, que já viveu como transgênero, colocou testemunhos compilados de ex-transexuais em um novo livro chamado Trans Life Survivors (Sobreviventes da Vida Trans).

O livro destaca o que eles chamam de “trans-lamentação.”

“Trans Life Survivors mostra e-mails de cerca de 30 pessoas, selecionadas entre centenas de pessoas que me escreveram, sobre o que muitos chamam de ‘o maior erro’ de suas vidas,” escreve Heyer.

Heyer, agora pastor evangélico, oferece encorajamento e esperança a outras pessoas que querem fazer a transição para seu sexo de nascimento inato.

Fonte: Guia-me

Hotel em Promoção - Caraguatatuba