Cidadania e Política Últimas Notícias

Grupo responsável por ‘Chaves’ repudia paródia da Globo sobre Bolsonaro

Grupo responsável por 'Chaves' repudia paródia da Globo sobre Bolsonaro
Hotel em Promoção - Caraguatatuba

O grupo Chespirito lamentou que a imagem dos personagens tenha sido usada para fins políticos.

Faça Sua Parte - Compartilhe!

Na última segunda-feira (22), o grupo Chespirito — detentor dos direitos sobre o programa de TV mexicano ‘Chaves’ – emitiu uma nota oficial via Instagram, repudiando a paródia feita pelo programa ‘Tá no Ar’, da rede Globo sobre Jair Bolsonaro.

No quadro protagonizado por Marcelo Adnet, a vila do Chaves e seus personagens são usados para fazer uma esquete na qual a imagem do presidente eleito é associada a um ditador.

O grupo lamentou que a imagem dos artistas que fizeram história como entretenimento familiar na TV internacional tenha sido usada de alguma forma para fins políticos.

Receba Estudos no Celular!

“O Grupo Chespirito não aprova nem compartilha das opiniões ou pensamentos apresentados no esquete de Chaves exibido no programa Tá no Ar. Respeitamos as correntes de pensamento e a liberdade de expressão, mas não nos associamos a qualquer opinião e conceito geral e político expressado pelos atores caracterizados como os personagens de Chaves”, diz a nota reproduzida em português e espanhol no Instagram.

No quadro ‘Vila Militar de Chaves’, o nome de Jair Bolsonaro não chega a ser mencionado, mas a imitação de Adnet não deixa dúvidas sobre a intenção de retratar o presidente. O ‘personagem’ é chamado apenas de “o capitão”.

“É isso mesmo. Eu sou o novo dono dessa vila. Depois de anos de má incompetência e má administração, eu vim resolver essa questão”, diz o capitão, entrando em cena diante de Chaves (Márcio Vito), que fica em pânico com a notícia da nova gestão.

Fonte: Guia-me

Hotel em Promoção - Caraguatatuba