Cidadania e Política Últimas Notícias

Escola de samba faz escultura de Marcelo Crivella com rosto de diabo

Escola de samba faz escultura de Marcelo Crivella com rosto de diabo
Hotel em Promoção - Caraguatatuba

Prefeito do Rio virou tema de agremiação que vai falar sobre liberdade religiosa.

Faça Sua Parte - Compartilhe!

A escola de samba carioca Acadêmicos do Sossego escolheu seu personagem para ilustrar o tema que usará no carnaval deste ano: a liberdade religiosa. Será o prefeito Marcelo Crivella, representado por uma imagem do diabo, já vazada nas redes sociais.

“É o prefeito. Estávamos terminando a obra hoje. O objetivo é fazer uma crítica política à desvalorização do carnaval por parte dele. Temos que defender nosso carnaval. Era para ser uma surpresa, mas vou me reunir com o presidente da escola e vamos decidir ainda o que vai ser feito, mas a princípio a escultura vai estar na avenida sim”, explicou o diretor de carnaval da escola Hugo Júnior.

Com o samba-enredo “Não se meta com minha fé, acredito em quem quiser”, a escola da Série A está programada para desfilar no dia 1º de março e disse que levará a escultura para a avenida.

Receba Estudos no Celular!

Sobre o fato, a Prefeitura do Rio disse  que “respeita a liberdade de expressão e não vai se manifestar” a respeito.

Críticas

Desde que assumiu a prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella tem sido alvo de críticas por parte dos carnavalescos. No primeiro ano de seu mandado, assumido em 2017, o prefeito viajou para o exterior no período do carnaval em clara demonstração desconexão com o evento.

Bispo licenciado da igreja Universal, Crivella também foi criticado por vários setores e pela Liga das Escolas de Samba (Liesa) do Rio por ter cortado em 50% as verbas para as escolas de samba. “Vou criar o bloco conversando é que a gente se entende”, disse o prefeito ironizando as críticas feitas sobre corte de verba para o carnaval 2018.

A Sossego não é a primeira a levar Crivella para o desfile como personagem em sua alegoria. Em 2018, a Mangueira cantou “Com dinheiro ou sem dinheiro, eu brinco” e transformou Crivella em boneco de Judas.

Em 2018, Marcelo Crivella disse não ter qualquer preconceito contra o carnaval. No Palácio da Cidade, ele participou da cerimônia de entrega da chave da cidade ao Rei Momo, mas sem fazer o ato simbólico.

O carnaval deste ano acontecerá no período de 1º a 5 de março.

Fonte: Guia-me

Hotel em Promoção - Caraguatatuba